Sublime With Rome volta ao estúdio no fim do ano, revela vocalista

Rome Ramirez garante que a banda está a todo vapor e fala sobre o primeiro trabalho, previsto para o meio do ano

Lucas Reginato Publicado em 20/03/2013, às 15h07 - Atualizado às 19h06

Sublime With Rome
Marc Thomas Kallweit / Divulgação

“O Sublime é uma festa”, exalta Rome Ramirez sobre a banda que o convocou para assumir os vocais em 2010. É de se imaginar a empolgação de um jovem de 24 anos tocando ao lado de gente que fazia sucesso quando ele começava a descobrir o que era música. E Rome faz questão agora de reafirmar sua felicidade na banda – às vésperas de lançar seu primeiro trabalho solo, ele garante que o Sublime with Rome está longe de acabar.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

“Vamos voltar para o estúdio no fim deste ano”, projeta o músico. Antes, contudo, Ramirez irá experimentar novos caminhos. Um primeiro EP, Dedication, já foi revelado, com quatro faixas que mostraram uma faceta diferente do cantor – mais suave, acústica e bem menos agressiva do que os clássicos de sua banda. “No meio do ano lanço meu disco solo”, conta ele, que então irá cair pela primeira vez na estrada sob o próprio nome. “Estou ansioso para que todo mundo ouça logo. Quero aproveitar a minha primeira chance de ser completamente eu.”

Foi em 2011 que o Sublime estreou em disco sua parceria com Ramirez. Yours Truly não chegou perto do sucesso alcançado pela banda nos anos 90, mas cumpriu bem o papel de apresentar a nova formação ao público. Mais do que isso, foi uma grande experiência para o novato, que ali gravava pela primeira vez: “Quem não gostaria de fazer isso? Foi incrível, criar novas músicas com eles”. E ele garante que os vinte anos de diferença com os parceiros não são um problema. “Nós falamos a mesma língua. Eu tenho um espírito velho, Eric [Wilson, baixista] tem um coração jovem. Musicalmente, eu sei para onde ele está indo, e ele sabe para onde eu estou indo.”

E já há quase quatro anos eles vão juntos. No início foi inevitável receber críticas dos fãs que o comparavam ao ex-vocalista Bradley Nowell, morto em 1996. “As pessoas dizem coisas negativas sobre tudo. Dizem coisas negativas sobre pessoas talentosas”, acredita. A confiança de Ramirez é realmente impressionante, e ele faz questão de afirmar que os comentários em nenhum momento o afetaram: “Se eu fosse bom o suficiente para Bud [Gaugh, baterista, atualmente substituído por Josh Freese] e Eric, era o suficiente para mim”. Superada a desconfiança inicial, hoje o Sublime With Rome comemora a nova fase – sem Gaugh, que deixou o grupo em 2011. “É uma evolução constante. Nunca vamos sentir que é o suficiente. Continuamos crescendo com nossos ouvidos, nossa música, nosso som.”

As novidades devem chegar aos fãs em forma de disco apenas no ano que vem, com a experiência acumulada durante a turnê solo de Ramirez, que por sua vez garante que nada vai atrapalhar os planos do trio. “Quero tocar com o eles o máximo que eu puder. É a parte divertida para mim.” Enquanto isso, o Sublime ganha férias (“Eric provavelmente vai descansar, ele mora na praia e não vai ter problemas”) até voltar ao estúdio no segundo semestre, mas não sem antes fazer nova passagem pelo Brasil. “Tem algo no Brasil de que nós gostamos muito, muito mesmo. A energia sempre é maior, as turnês sempre são as melhores.”

O Sublime With Rome faz o primeiro show nesta passagem pelo Brasil nesta quarta, 20, no Rio de Janeiro, e depois passa por Porto Alegre, São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte e Florianópolis. Confira as datas:

Rio de Janeiro

Quarta, dia 20 de março

Local: Circo Voador - R. dos Arcos S/N – Lapa

Ingressos: R$ 110 (meia) e R$ 220 (inteira)

Porto Alegre

Quinta, dia 21 de março

Local: Av. Severo Dullius, 1995 - São João

Ingressos: De R$ 50 a R$ 120

São Paulo

Sexta, dia 22 de março

Local: HSBC Brasil - Rua Braganca Paulista, 1281 - Chácara Sto Antônio

Ingressos: De R$ 70 a R$ 270

Curitiba

Sábado, dia 23 de março

Local: Curitiba Master Hall - R. Itajubá, 143 – Portão

Ingressos: De R$ 35 a R$ 185

Belo Horizonte

Domingo, dia 24 de março

Local: Mix Garden - Rua Projetada, 65 - Jardim Canadá

Ingressos: R$ 120 (mulher) e R$150 (homem)

Florianópolis

Quinta, dia 28 de março

Local: Stage Music Park - Rod. Jorn. Maurício Sirotsky Sobrinho, 1 – Jurerê

Ingressos: De R$ 60 a R$ 121