Toy Story 3 é a animação mais rentável da história

Longa-metragem dirigido por Lee Unkrich arrecadou US$ 920 milhões nas bilheterias mundiais

Da redação Publicado em 16/08/2010, às 18h01

Toy Story 3 ultrapassa Shrek 2 e se posiciona como a animação mais rentável de todos os tempos
Reprodução

Toy Story 3 agora tem mais um motivo para integrar o time das produções mais bem sucedidas de todos os tempos. A Disney e a Pixar divulgaram que o longa-metragem dirigido por Lee Unkrich se tornou a animação de maior bilheteria da história, com US$ 920 milhões arrecadados no mundo todo, desde junho (mês de sua estreia).

"Em 1995, o talentoso time da Pixar apresentou um caubói, um guardião espacial e seus amigos, que se tornaram alguns dos personagens mais queridos do mundo. O sucesso de Toy Story é resultado de um grupo tremendamente criativo da Pixar, comandado por John Lasseter e Ed Catmull, e nosso incrível time de marketing e distribuição ao redor do globo", disse Rich Ross, presidente da Walt Disney Studios, em comunicado.

Mundialmente, este é o quarto filme mais rentável da Disney, ficando atrás apenas de dois dos longas da franquia Piratas do Caribe (Piratas do Caribe - O Baú da Morte, de 2006, com US$ 1,07 bilhão, e Piratas do Caribe - No Fim do Mundo, de 2007, com US$ 961 milhões) e de Alice no País das Maravilhas, de Tim Burton (que US$ 1,02 bilhão). Com a soma de US$ 920 milhões, Toy Story 3 ultrapassou Shrek 2, que arrecadou US$ 919,8 milhões.

A Walt Disney Home Entertainment anunciou que Toy Story 3 será lançado em Blu-ray e DVD em 2 de novembro, no exterior. No terceiro filme da franquia, Andy, o dono dos brinquedos, está a caminho da faculdade e, com a mudança do rapaz, Woody (ainda na voz de Tom Hanks), Buzz (Tim Allen), Jessie (Joan Cusack ) e companhia são doados a um orfanato.