Tulipa Ruiz e Suricato são premiados em noite de homenagem a Roberto Carlos no Grammy Latino

O “Rei” foi eleito a personalidade do ano pela Academia Latina da Gravação, órgão responsável pela entrega do prêmio

Redação Publicado em 20/11/2015, às 16h16 - Atualizado às 16h22

O grande momento do show foi com a nova "Esse Cara Sou Eu", lançada em um EP homônimo, no ano passado.
Divulgação / Rita Marcondes

Roberto Carlos foi o homenageado da noite da entrega dos prêmios da 16ª edição do Grammy Latino, organizada nessa quinta-feira, 19, em Las Vegas. O “Rei” foi eleito a personalidade do ano pela Academia Latina da Gravação, órgão responsável pela festividade.

Roberto Carlos, 74 anos; relembre faixas de disco histórico do Rei.

“É um dia muito especial na minha vida e na minha carreira, como artista e como pessoa. É um momento inesquecível”, disse o cantor, que se apresentou no palco do evento.

Ney Matogrosso esteve entre os homenageados pelo Grammy Latino na edição de 2014.

Nenhum dos artistas brasileiros concorrendo em categorias internacionais foi premiado. Restaram os troféus entregues especialmente para a música nacional. Nestes, Tulipa Ruiz, com Dancê (Melhor álbum pop contemporâneo brasileiro), e Suricato, comSol-Te (Melhor álbum de rock contemporâneo brasileiro), foram alguns dos vencedores:

Veja os principais ganhadores:

Álbum do ano: Todo Tiene su Hora Juan Luis Guerra

Música do ano: Song of the year: "Hasta la Raiz", Leonel Garcia, Natalia Lafourcade

Revelação: Monsieur Periné

Álbum pop contemporâneo:Sirope, Alejandro Sanz

Álbum de música urbana: El que Sabe, Sabe, Tego Calderón

Álbum de rock: B, Diamante Eléctrico

< b>Melhor álbum cristão em português: Da Eternidade, Fernanda Brum

< b>Melhor álbum pop contemporâneo brasileiro: Dancê, Tulipa Ruiz

< b>Melhor álbum de rock contemporâneo brasileiro: Sol-Te, Suricato

< b>Melhor álbum de samba e pagode: Só Felicidade, Fundo de Quintal

< b>Melhor álbum de MPB: América, Brasil, Ivan Lins

< b>Melhor álbum de música sertaneja: Amizade Sincera II, Renato Teixeira & Sérgio Reis

Melhor música brasileira: “Bossa Negra”, Hamilton de Holanda, Diogo Nogueira & Marcos Portinari