Pulse

Última música cantada por Chris Cornell teve citação a “In My Time of Dying”, do Led Zeppelin

Vocalista do Soundgarden morreu na noite da última quarta, 17, depois de um show da banda na cidade de Detroit, nos Estados Unidos

Redação Publicado em 18/05/2017, às 09h27 - Atualizado às 10h14

Chris Cornell durante show do Soundgarden no Welcome to Rockville Festival, em Jacksonville, Estados Unidos

Ver Galeria
(3 imagens)

O último show do Soundgarden com Chris Cornell como vocalista aconteceu na última quarta, 17. A banda se apresentou no Fox Theatre, em Detroit, no estado norte-americano de Michigan, em noite de ingressos esgotados, pouco antes da morte do cantor.

LEIA TAMBÉM

Chris Cornell morreu aos 52 anos; saiba mais

[Lista] 60 Maiores Momentos do Rock and Roll

Lembre como foi o 1º e único show do Soundgarden no Brasil, no Lollapalooza Brasil de 2014

De acordo com o site britânico NME, a última música tocada pelo grupo – consequentemente a última cantada por Cornell – foi uma mescla de “Slaves & Bulldozers” (de Badmotorfinger, 1991) com um refrão de “In My Time of Dying”, música gospel que já ganhou versão com Bob Dylan mas ficou famosa com o Led Zeppelin.

Não é novidade para o Soundgarden tocar “In My Time of Dying”, uma vez que o grupo já apresentou a cover diversas vezes na carreira. Na última quarta, 17, a performance ganhou novos significados, devido a subsequente e prematura morte de Cornell.

Abaixo, assista a registros do último show do Soundgarden.