Saiba como Noel Gallagher avalia os clipes do Oasis hoje em dia

Músico parece não gostar muito dos vídeos que fez durante os anos 90

Rolling Stone EUA Publicado em 23/01/2014, às 16h40 - Atualizado às 20h02

Noel Gallagher
Mark Allan/AP

Noel Gallagher, como se sabe, não tem vergonha de expressar sua opinião – especialmente quando o assunto é sua antiga banda, a lenda do brit-pop, Oasis. Em 2010, Gallagher fez comentários para o DVD Time Flies, sobre a banda, e não poupou crítica aos clipes visivelmente datados do grupo.

12 brigas históricas do rock and roll.

Na época, muitas citações ficaram conhecidas apenas pelos maiores fãs da banda, que adquiriram o DVD, mas agora todo nós podemos aproveitar os comentários. Graças a um usuário do Youtube, os dez minutos estão disponíveis para qualquer pessoa.

Quase não faz sentido escolher os melhores momentos, já que todo o vídeo vale a pena. Mas eis aqui alguns trechos selecionados, que vão de tiradas furiosas a comentários cínicos sobre suas diferenças criativas com os diretores dos vídeos.

As 15 separações mais conturbadas do rock.

Sobre a voz de Liam durante o clipe de “Live Forever”: “Ele desistiu de cantar em falsete um pouco depois disso. Acho que ele achava que era um pouco gay, embora não tenha nada de errado em ser gay, obviamente”.

Sobre as diferenças criativas com o diretor do clipe de “Live Forever”: “Parece que esse cara estava inventando tudo enquanto a coisa caminhava”.

Sobre as mulheres em “Cigarettes and Alcohol”: “Tinha mesmo tantas garotas nesse clipe? Parece uma cena de Britain's Next Top Model.”

Sobre as distrações durante as filmagens de “Whatever”: “Estou bêbado nesse clipe. Olha como eu estou bravo... Não consigo descrever quão bravo eu estava.”

Sobre o palhaço em “Wonderwall”: “Não era um palhaço de verdade”.

Sobre os desencontros criativos com o diretor de “Don't Look Back in Anger”: “Você quer que eu fique te olhando como se fosse um serial killer?”

Mas a melhor parte não envolve nenhuma palavra: a gagueira atordoada de Gallagher durante o clipe de “Stand By Me” vale por milhares de palavrões.

Veja: