Vendas de Tupac crescem depois do holograma dele no Coachella

A música do rapper, que morreu em 1996, virou uma commodity em alta depois que o vídeo da perfomance no festival viralizou

Rolling Stone EUA Publicado em 27/04/2012, às 13h16 - Atualizado às 13h21

Cinzas de Tupac Shakur foram fumadas por integrantes do Outlawz
Foto: AP

As vendas do catálogo de Tupac Shakur ficaram em alta depois da aparição virtual dele durante a performance headliner de Dr. Dre e Snoop Dogg no festival Coachella, de acordo com o site da versão norte-americana da revista Billboard. As vendas de Greatest Hits, compilação de maiores sucessos de Shakur lançada em 1998, teve um salto de 571% na semana seguinte à estreia do holograma no Coachella. Outros discos, como All Eyez on Me e Me Against the World, também tiveram crescimentos significativos nos números.

Como já era de se esperar, as faixas do rapper que mais vendem desde o Coachella são as três músicas “cantadas” pela projeção digital: "Hail Mary" e "2 of Amerikaz Most Wanted" tiveram altas significativas graças às imagens do Tupac virtual terem viralizado na internet. O hit principal de Shakur, "California Love", teve o mesmo efeito.