Vince Gilligan espera participações de Jonathan Banks e Aaron Paul em Better Call Saul

“Eu diria que o céu é o limite, pelo menos teoricamente”, afirmou o criador de Breaking Bad

Rolling Stone EUA Publicado em 03/01/2014, às 10h10 - Atualizado às 10h13

Saul Goodman
Reprodução

O criador de Breaking Bad, Vince Gilligan, tem esperanças de fazer Jonathan Banks reprisar seu papel como o solucionador de problemas Mike Ehrmantraut no spin-off Better Call Saul. A nova série abordará Saul Goodman, o curioso advogado criminal interpretado por Bob Odenkirk, e em recente entrevista à revista Entertainment Weekly ele citou Mike como uma peça perfeita para a nova trama: “Isto seria algo muito divertido”, disse. “Eu diria que o céu é o limite, pelo menos teoricamente.”

Galeria: relembre momentos decisivos de Breaking Bad.

Na realidade, contudo, como apontou Gilligan, conseguir a participação de Banks, ou de qualquer outro personagem do universo de Breaking Bad, para retornar no spin-off pode ser difícil, já que o elenco agora está com agenda cheia depois do fim da série.

“Agora eles estão fazendo grandes filmes e peças da Broadway, e porque não, isto é exatamente o que deveriam fazer”, afirmou Gilligan. “Este será um grande problema com o qual teremos que lidar ao dar prosseguimento a Better Call Saul, se realmente precisarmos citar alguns desses personagens.”

Galeria: as lições do final de Breaking Bad

GIlligan conduzirá a nova série com o diretor e roteirista Peter Gould, e os dois consideraram fazer uma sitcom de meia-hora antes de estabelecer o formato com uma hora de duração com 75% de comédia e 25% de drama. A série também servirá de prequel para Breaking Bad, antes do encontro de Goodman com Walter White. Isto significa que seria necessário uma história muito bem montada para trazer o professor de química de volta à cena, mas Gilligan parece aberto a todas as possibilidades. “Better Call Saul pode ser o The Love Boat dessa geração”, brincou. “No lugar de Milton Berle com um chapéu de marinheiro, com sorte teremos Aaron Paul, também com um chapéu de marinheiro.”

Mesmo assim, Gilligan reconhece onde termina Breaking Bad e onde começa Better Call Saul. “Será o mundo de Saul Goodman, não de Walter White, e terá um sentimento diferente, mesmo que existam alguns pontos de intersecção. Mas terá que ter sucesso de seu jeito como uma série própria. Se não, não será satisfatória, e satisfação é a palavra-chave. Queremos ficar satisfeitos.”

As dez séries internacionais de maior destaque em 2013.

Embora ainda não haja uma data para a estreia de Better Call Saul, o protagonista tem estado ocupado desde o fim de Breaking Bad. Odenkirk se reuniu recentemente com David Cross para publicar o livro Hollywood Said No!, que consiste em dois roteiros rejeitados que os dois escreveram.