Virada Cultural: Autoramas conquista público que guardava lugar para o show do Fresno

O trio carioca mostrou faixas do disco mais recente, Música Crocante, do ano passado, e de outros momentos da carreira

Stella Rodrigues Publicado em 06/05/2012, às 17h42 - Atualizado às 21h53

Frente ao Autoramas, Gabriel Thomaz tocou músicas do mais recente álbum do trio, Música Crocante

Ver Galeria
(4 imagens)

Vendo o público que esteve presente no palco Cásper Líbero fica mais fácil entender como o Autoramas conseguiu que seu disco mais recente, Música Crocante, fosse financiado com a ajuda dos fãs. É bem verdade que parte da lotação no local era por conta da atração seguinte, Fresno, mas ficou claro que o público fiel do Autoramas, também demonstrando uma leve histeria tipicamente juvenil, brigou com todas as forças para disputar o espaço na grade durante a apresentação do grupo carioca.

A apresentação adiantou – começou quase meia hora antes do horário previsto, 16h30. Composto pelos simpáticos e energéticos Gabriel Thomaz (guitarra e vocais), Flávia Couri (baixo) e Bacalhau (bateria), o trio estava bem à vontade no palco, sem medo de tocar para uma multidão ensandecida que chorava e tentava furar o esquema de segurança para abraçar integrantes do Fresno no camarim. Essas meninas, quando pararam de chorar, viram um ótimo show de aquecimento para a atração que tanto aguardavam.

Dentre as faixas executadas estavam a divertida “1, 2, 3, 4” (da banda anterior de Thomaz, o Little Quail and the Mad Birds), mais “Lugar Errado”, “Fale Mal de Mim”, “Mundo Moderno”, “Catchy Chorus”, “Ex-Amigo”, o cover de "I Saw You Saying (That You Say That You Saw)", dos Raimundos (mas coescrita por Gabriel), gravado pelo Autoramas no MTV Apresenta Autoramas Desplugado, além de um “Parabéns a Você” puxado pelo público, na deixa do Gabriel, para Bacalhau, que faz aniversário neste domingo, 6. O encerramento foi com outro cover, “Surfin' Bird”, música do The Trashmen que combina dois clássicos do R&B do grupo de doo-wop The Rivingtons: "Papa-Oom-Mow-Mow" e "The Bird's the Word".