Virada Cultural - Jazz e derivados

Veja os destaques do palco Líbero Badaró

Da redação Publicado em 16/04/2011, às 16h42

Chico Pinheiro é uma das atrações da Virada Cultural
Divulgação

A música com forte influência de jazz dá o ar da graça em série de shows a serem realizados no palco Líbero Badaró, durante a Virada Cultural.

Às 19h tem Chico Pinheiro, brasileiro que tem um grande destaque fora do nosso país. Pinheiro lançou o álbum Flor de Fogo e deve tocar vários deste trabalho. Depois, às 21h, entra o saxofonista nova-iorquino Ronnie Cuber ao lado do grupo Hammond Grooves. O organista inglês Brian Auger, que fez muito sucesso na década de 60, vai tocar ao lado de seu grupo Oblivion Express. Auger entra às 23h.

O tecladista e arranjador Eumir Deodato, que há muito tempo está radicado nos Estados Unidos e raramente toca no Brasil, sobe no palco da Líbero Badaró à 1h. Deodato deve recordar alguns números da época da bossa nova e também mostrar sua incursão pelo mundo da música pop, como sua célebre versão para "Also Sprach Zarathustra", de Richard Straus. E o jazz e balanço seguem madrugada adentro com Freegideira e Benjamin Taubkin (3h) e Brown Bird (5h).