Vocalista do AC/DC vira estátua

Bon Scott, falecido em 1974, ganhará réplica em Perth, na Austrália

Da redação Publicado em 06/12/2007, às 15h54 - Atualizado em 07/12/2007, às 18h15

Bon Scott (à esq.) foi responsável pelo clássico disco Highway to Hell
Reprodução/Site oficial da banda

Bon Scott, que comandou os vocais do AC/DC até sua morte por envenenamento alcoólico em 1980, vai ganhar uma estátua na Austrália, terra natal do grupo.

A estátua será mostrada ao público em um show na cidade de Perth em 24 de fevereiro, durante um concerto-tributo a Scott, no qual tocam as bandas Rose Tattoo, Noiseworks, Screaming Jets e The Party Boys, este, um grupo formado por ex-membros do AC/DC, Status Quo, Mondo Rock e The Valentines.

O monumento é o segundo em homenagem ao cantor, que teve seu túmulo transformado em patrimônio cultural australiano. Scott é, na verdade, escocês, mas desde os seis anos de idade viveu na Austrália, país que hoje o considera um filho.