Vocalista do Killing Joke é encontrado vivo no Saara

Jaz Coleman disse que se isolou para trabalhar em um projeto paralelo

Redação Publicado em 13/08/2012, às 14h44 - Atualizado às 15h32

Jaz Coleman
Reprodução/Vídeo

Jaz Coleman, frontman do grupo britânico Killing Joke, esteve desaparecido durante os últimos dias, e foi encontrado nesta segunda, 13, no Saara.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Todo o caso, ao que parece, ocorreu pela vontade do vocalista de se isolar para trabalhar em um projeto individual. Ele não havia, no entanto, avisado seus colegas de banda que estes eram seus planos.

“Porque tanta confusão?”, questionou Coleman em sua página privada no Facebook. Segundo a nota, o músico passou o último mês perambulando pelo deserto africano.

O sumiço fez com que os colegas de banda ficassem “preocupados com o bem-estar” do cantor, segundo nota também publicada no Facebook no final de julho. O grupo tem turnê marcada com o Cult e com o Mission para setembro deste ano. Segundo afirmaram os outros integrantes do Killing Joke, foi justamente após "difamar" os dois grupos que o cantor desapareceu.