Vocalista do MGMT conta que não odeia a música Kids e prevê a extinção dos álbuns

Com disco novo no repertório, o duo de pop psicodélico volta a SP e toca na próxima quinta, 15, no Popload Festival

Igor Brunaldi Publicado em 14/11/2018, às 12h56

None
Ben Goldwasser e Andrew VanWyngarden (Foto: Divulgação)

Na próxima quinta, 15, o MGMT se apresenta em São Paulo, na sexta edição do PoploadFestival, e aproveitamos a oportunidade para bater um papo com Andrew VanWyngarden, vocalista e guitarrista da banda.

Com 16 anos de estrada e quatro álbums no repertório (o mais recente, Little Dark Age, foi lançado em fevereiro de 2018), o grupo de pop psicodélico retorna ao Brasil com um show visual e sonoramente coordenado ou, como descreve Andrew, "provavelmente nossa apresentação mais planejada". 

Conhecidos por polarizar a opinião dos fãs a cada novo disco, o vocalista conta que, na hora de escolher o setlist dos shows, eles buscam representar todas as fases pelas quais já passaram, optando pelas músicas mais divertidas e também as que mais reverberam com o público.

O hit "Kids" (do álbum de estreia Oracular Spectacular) é, talvez, o maior exemplo de combinação desses dois pré-requisitos. Junto com o enorme sucesso, ao longo dos anos foi pintada uma imagem de que a banda não gostasse da música, e até a desprezasse um pouco, mas o vocalista explica que isso é culpa da mídia. "Se realmente não gostássemos, a gente não tocaria em 99% dos nossos shows. Eu nunca odiaria algo que fizemos e que se conecta a tantos fãs", conta.

Refletindo sobre a revolução digital pela qual a indústria fonográfica passa, Andrew diz acreditar que o formato CD está com os dias contados. "Não são tão colecionáveis quanto o vinil, por exemplo. É triste, mas acho que eles estão no caminho de desaparecerem".

As mudanças não param por aí: com a já colossal, mas ainda crescente implementação dos serviços de streaming, ele opina sobre a constante necessidade de inovação, dizendo que o formato de álbum em si também está em extinção. "Consigo ver o MGMT se distanciando desse conceito. Adoraríamos soltar músicas no nosso próprio ritmo, e achar formas novas e criativas de lançá-las", revela o músico. 

Sobre o festival

O Popload Festival acontece na próxima quinta, 15, em São Paulo. O line-up deste ano reúne no único dia de evento várias gerações de músicos: representando as atrações internacionais, estão a cantora neozelandesa Lorde e os norte-americanos do Death Cab For Cutie, Blondie e At The Drive-In — os dois tocam pela primeira vez no Brasil — e MGMT.

Para completar o line-up, foram convidadas as cantoras Letrux, Mallu Magalhães (que fará uma apresentação especial ao lado de Tim Bernardes) e também as colaborações inéditas entre Céu e Tropkillaz, Liniker e O Terno.

Veja o serviço completo abaixo.

Popload Festival
Quinta, 15 de novembro
Memorial da América Latina - Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda
Ingressos: Entre R$ 180 e R$ 750. Podem ser adquiridos aqui.