Warner Music Group desiste de dar lances pela EMI

As empresas não conseguiram chegar a um acordo a respeito do valor do catálogo musical

Matthew Perpetua Publicado em 31/10/2011, às 15h15 - Atualizado às 15h26

Katy canta com um vestido longo durante seu show, em 2010
Foto: AP

A Access Industries, dona do Warner Music Group, desistiu de participar do leilão que venderá a EMI. De acordo com fonte do site da revista Billboard, os dois lados não conseguiram entrar em acordo quanto ao valor. Especula-se que a oferta da Access tenha sido entre US$ 1,5 e US$ 1,6 bilhão.

Parece que o Citigroup, atual dono da EMI, estava aguardando até que recebesse uma oferta maior, mas pode ser que tenha feito a jogada errada. O Universal Music Group saiu do leilão na semana passada e a MacAndrews & Forbes colocou uma oferta mais baixa do que o lance da Access.

A EMI foi comprada pelo Citigroup em fevereiro. O conglomerado de serviços financeiros diminuiu a dívida em US$ 3,5 bilhões antes de colocar o selo à venda, em junho. A Warner e a Universal tentaram comprar a divisão de música gravada, enquanto a Sony e a BMG Rights Management tentaram comprar a parte da EMI que cuida de publishing.

O EMI Group controla o catálogo de Beatles, Pink Floyd, Katy Perry e Radiohead, entre muitos outros.