Woodstock, 17 de agosto de 1969

Depois de três dias de música, festival foi encerrado por Jimi Hendrix

Da redação Publicado em 17/08/2009, às 13h06

Às 14 horas de domingo, 17 de agosto de 1969, a multidão ouviu os primeiros acordes da apresentação do jovem Joe Cocker, no primeiro show do último dia de Woodstock.

Cocker compôs seu repertório basicamente com músicas de outros artistas. Bob Dylan, Ray Charles e outros tiveram canções reinterpretadas pelo músico. Posteriormente, o show seria lembrado pela versão de "With A Little Help From My Friends", dos Beatles. A faixa, reservada para o final do set, já havia sido apresentada por Richie Havens na sexta. No entanto, incrementada pela Grease Band, que acompanhou o músico, a canção ficou marcada como um dos momentos emblemáticos de Woodstock.

O triunfo do cantor seria sucedido por uma forte tempestade que obrigou a organização a parar os shows. Como havia acontecido durante todo o final de semana, o campo foi transformado em um verdadeiro mar de lama. Os shows seriam retomados somente por volta das 18h, com Country Joe and the Fish. O grupo substituiu o Jethro Tull, que recusou o convite para se apresentar no Woodstock.

A banda inglesa Ten Years After viria quase duas horas depois. Apesar da expectativa sobre os famosos solos de guitarra e bateria pelos quais eram conhecidos, os músicos foram prejudicados por falhas técnicas devido à chuva. Os instrumentos desafinavam a todo momento e, mesmo assim, o quarteto conseguiu levar o show durante uma hora.

Às 22h, o rock daria um espaço provisório ao folk. Os canadenses da The Band incluíram o Woodstock na turnê de divulgação do primeiro álbum de estúdio da carreira, batizado de Music From The Big Pink, lançado em 1968. Johnny Winter assumiria o controle na sequência. Os atrasos levaram o festival a seguir madrugada adentro, com a apresentação do grupo Blood, Sweat & Tears, à 1h30 de segunda-feira, 18, seguido pelos então pouco conhecidos Crosby, Stills, Nash & Young. O coletivo Paul Butterfield Blues Band deu sua contribuição ao evento no que alguns apostam ter sido a última investida do grupo em se manter na ativa (apenas o fundador, Paul Butterfield, havia permanecido da formação original).

A contagem para a aguardada apresentação de Jimi Hendrix já havia começado quando os roqueiros do Sha Na Na deram as caras. Os músicos e dançarinos do grupo resumiram o show em meia hora para algumas dezenas de milhares de pessoas que ainda permaneciam no local. A essa altura faltava pouco para o festival terminar e cerca de 320 mil pessoas haviam debandado da fazenda.

Por volta das 9h, Hendrix finalmente subiu ao palco, acompanhado de mais cinco músicos. Quem ficou para o show, ouviu uma versão emblemática de "Star Spangled Banner", o hino nacional dos Estados Unidos. Nem o rompimento de uma das cordas da guitarra de Hendrix atrapalhou a performance - ao final de "Red House", o instrumento foi trocado.

Ao final de 130 minutos, o guitarrista deixava o palco com o restante da trupe. Era o fim de Woodstock. Duas pessoas morreram durante o festival: uma por overdose, e outra atropelada por um trator. Reza a lenda que dois bebês teriam nascido durante a maratona.

Domingo, 17

- Joe Cocker (e Grease Band)

- Country Joe and the Fish

- Ten Years After

- The Band

- Blood, Sweat & Tears

- Johnny Winter

- Crosby, Stills & Nash (e Young)

- Neil Young

- Paul Butterfield Blues Band

- Sha-Na-Na

- Jimi Hendrix