Yoko Ono processa cantora Lennon

Vocalista afirma que já havia pedido permissão para usar o nome

Da redação Publicado em 12/02/2008, às 10h29 - Atualizado às 10h55

Ono quer o monopólio do nome 'Lennon'
Reprodução

A viúva de John Lennon processou a cantora Lennon Murphy por usar seu primeiro nome em sua carreira musical, informou o site britânico Gigwise.

Yoko Ono acredita que Murphy escolheu o título para aumentar a popularidade da banda, e entrou com processo para cancelamento do nome.

Murphy afirmou que pediu permissão para utilizar o nome em 2000, no lançamento do seu primeiro álbum. Segundo a cantora, Ono não fez nenhuma objeção na época. "Lennon é o meu primeiro nome, e freqüentemente me perguntam se o recebi por causa do ex-beatle. Sempre respondo que não. Minha mãe me deu o nome em homenagem a 'John Lennon, aquele que escreveu músicas, pintou, e fez pães com seu filho'. Ela me nomeou pelo homem, não pelo popstar", declarou a cantora em carta à imprensa.

Julian Lennon apoiou Murphy em sua página no Myspace. "Sinto por ela e conheço bem a situação. Ela tem todo o meu suporte", afirmou.

O som feito por Lennon é bem diferente da produção de John (Lennon). Ouça aqui o rock pesado feito pela cantora.