Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Vitrine / Música

Riot! Confira 5 curiosidades do álbum do Paramore que completou 16 anos

Conheça fatos interessantes sobre o álbum que foi um divisor de águas para a banda

Lucas Peçanha Publicado em 03/08/2023, às 16h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Conheça fatos interessantes sobre o álbum que foi um divisor de águas para a banda - Créditos: Reprodução/Amazon
Conheça fatos interessantes sobre o álbum que foi um divisor de águas para a banda - Créditos: Reprodução/Amazon

O último livro da Saga Harry Potter sendo publicado, Steve Jobs anunciando o primeiro iPhone e Paramore lançando o seu segundo álbum, “Riot!”. Sem dúvidas, 2007 foi um grande ano para os fãs da cultura pop! E para os fãs da banda, este momento foi pra lá de especial, pois nascia o álbum que faria parte da construção da identidade de diversas pessoas, ajudando-as a passar por momentos difíceis entre a adolescência e a vida adulta. 

No dia 12 de junho de 2023, o álbum completou seus 16 anos. Então, porque não comemorá-lo conferindo algumas curiosidades sobre ele? A Rolling Stone selecionou cinco diferentes para você conferir abaixo:

1. O propósito do nome do álbum

Hayley Williams, a vocalista do Paramore, comentou que o título do álbum, traduzido do inglês para “Revolta”, simboliza uma explosão desenfreada de emoções:
Quando nós escreviamos, parecia nossos pensamentos e as emoções estavam saindo tão rápido que não poderíamos controlá-los.

2. A música cujo nome foi dado pelos fãs

A faixa “Temporary” começou a ser tocada pela banda nos shows da turnê do álbum. O curioso é que, como a música não tinha um nome definido oficialmente, ela aparecia na setlist do show com o nome da cidade na qual eles estavam se apresentando no dia. Durante os shows, os fãs não conseguiam escutar e entender muito bem a letra, exceto pela palavra temporary. Portanto, como solução para se referir à música, os fãs batizaram a faixa com o nome “Temporary”, e a banda acabou adotando oficialmente o nome para ela.

3. A polêmica “Misery Business” 

A letra de “Misery Business” é, sem sombra de dúvidas, a mais sincera já escrita por Hayley para a banda. As origens da música se deram após um post da vocalista no LiveJournal, após ela perguntar aos fãs do que eles sentiam vergonha. Hayley encarou escrever o hit como um grande desabafo, deixando tudo que estava guardado se esvair. 

A música, apesar do estrondoso sucesso que fez quando foi lançada, foi alvo de polêmicas um tempo depois por ser considerada bastante “misógina”, com Hayley admitindo que jamais escreveria algo assim nos dias de hoje. Em 2015, a artista fez um comentário no Tumblr à respeito da música:

não era pra ser uma grande afirmação filosófica sobre nada, era literalmente uma página no meu diário sobre um momento específico que eu vivi durante o ensino médio. E essa é a parte engraçada de crescer em uma banda com o mínimo de sucesso. As pessoas ainda têm o meu diário. O passado e o presente. Todas as partes boas e constrangedoras dele! Mas eu não me sinto envergonhada, escreveu Hayley.

4. Born for This: a música feita para os fãs

Antes do lançamento do álbum, durante a sua produção, a banda realizou uma promoção chamada “The Last Song You’ll Ever Sing”, onde os fãs precisavam enviar vídeos para ter a chance de fazer os backing vocals da música “Born for This”. A sortuda foi a americana Mary Bonney, residente da cidade de McLean, Virgínia. Se você alguma vez já se perguntou de quem é a voz que precede o refrão, aí está a resposta. 

5. O clipe mais genuíno da banda

“That’s What You Get” foi o quarto single do álbum, e foi lançado em um momento conturbado da banda, pois a turnê do grupo na Europa tinha acabado de ser cancelada por “problemas pessoais”. Muitos especularam sobre o possível rompimento da banda, e Hayley tranquilizou dizendo que, devido ao momento delicado que o grupo passava, eles preferiram manter a discrição. E tudo isso acabou culminando na gravação do clipe de “That’s What You Get”, que serviu como uma verdadeira sessão de terapia para a banda. Marcos Siega, diretor do clipe, sugeriu Hayley de trazer os amigos dela para participar.  “Nós gravamos nas casas de alguns amigos e tudo ficou muito realista. Essa é a primeira vez que as pessoas vão realmente poder ver quem nós somos de verdade em um clipe”, disse Hayley na época da gravação do clipe.

“Riot!” sempre será muito querido pelos fãs da banda. Para celebrar os 16 anos do álbum, que tal adquirir o vinil dele, que está com preço reduzido na Amazon? É só clicar aqui!

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data de publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Rolling Stone pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3d5KDAX

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2UbsHfD 

Baixe agora o aplicativo da Amazon: https://amzn.to/3RfCEot