Grammy 2015: Sia não mostra o rosto, mas leva Kristen Wiig ao palco para dançar com Maddie Ziegler

Artista cantou "Chandelier" em apresentação teatral
  • Imprimir
Sia - Grammy 2015
AP
por Redação
9 de Fev. de 2015 às 01:55

Com a cerimônia do Grammy 2015 entrando na reta final, Shia Labeouf subiu ao palco empunhando um pedaço de papel com uma carta que o marido de Sia escreveu para ele. Em tom corajoso, Erik Lang pede: "Me dê um soco para que eu pare de chorar". Em seguida, afirma o oposto: "Me dê um soco pra que eu comece a chorar".

Grammy 2015: veja a lista completa dos ganhadores.

O que segue é mais uma apresentação teatral da artista. Muitos fãs nunca viram o visto o rosto de Sia e, desta vez, não foi diferente. Mas bem que a cantora consegue se livrar dos pedidos com classe: na noite do Grammy 2015, Sia levou Kristen Wiig ao palco para contracenar com a talentosa Maddie Ziegler.

Em cenário que simulava um apartamento desorganizado, Kristen e Maddie travaram uma confusa batalha por espaço e carícias - deixando o espectador confuso sobre o caráter das personagens. Ao fundo, a voz de Sia ditava o ritmo que as dançarinas deveriam obedecer. Sia abandona o equilíbrio, a proposição de uma linguagem quase esquizofrênica consegue atrair o olhar de todos.

Grammy 2015: sem Malcolm Young e Phil Rudd, AC/DC abre a premiação tocando “Rock or Bust” e “Highway to Hell”.

O site da Rolling Stone Brasil está acompanhando a 57ª edição do Grammy ao vivo, em Los Angeles, e faz a cobertura completa no site, Twitter, Facebook e Instagram.

Recomendadas