Retrospectiva: os melhores momentos do humor em 2013

Redação Publicado em 25/12/2013, às 13h39 - Atualizado às 13h42

Galeria humor: abre
Reprodução

O Daft Punk fez todo mundo dançar neste ano com “Get Lucky”. E deu um baile no apresentador norte-americano Stephen Colbert ao cancelar presença no programa de última hora para participar do Video Music Awards, da MTV. O comediante deu a resposta – convocou uma seleção de personalidades e fez uma bela montagem ao som do hit dos franceses.
Pegadinhas estão há muito tempo na televisão, mas este ano uma delas alcançou sucesso incomum. A menina fantasma de Silvio Santos rapidamente se espalhou e deu nova vida ao gênero. Nos Estados Unidos, os frequentadores de uma cafeteria foram assustados por uma Carrie, a Estranha, da vida real – uma estratégia para promover o remake Carrie.
A internet possibilitou novos modelos de entretenimento, mas poucos conseguiram, por enquanto, altos níveis de popularidade. Um deles foi o canal Porta dos Fundos. O coletivo consolidou-se com vídeos postados semanalmente e espalhados com velocidade assustadora nas redes sociais.
Vítima frequente de piadas do apresentador Jimmy Kimmel, Matt Damon finalmente teve a oportunidade de se vingar. Fez em alto estilo, no programa Jimmy Kimmel Sucks, com uma lista estrelada de convidados, inclusive Sarah Silverman, ex de Kimmel e pivô da “briga”.
Não bastava o clipe genial de Kanye West para “Bound 2”, com imagens de karaokê, chroma key e cenas de amor com Kim Kardashian em uma motocicleta. James Franco e Seth Rogen fizeram uma paródia, nos papeis de Kanye e Kim, respectivamente.
Longe do grande circuito comercial brasileiro, um dos fenômenos de bilheteria em 2013 foi Cine Holliúdy. O filme falado na "língua cearense” de Halder Gomes foi exibido inicialmente apenas em algumas salas de Fortaleza, mas o sucesso local espalhou cópias dessa “aventura cinematográfica completamente internacional” pelo país.
Jesus Cristo assumiu o papel de Django para vingar sua morte na paródia feita pelo Saturday Night Live para o filme de Tarantino, Django Livre. E Christoph Waltz, coadjuvante no original, assume o posto de protagonista nesta “Paixão de Cristo menos violenta”.
Foram sete temporadas e muitos prêmios até que 30 Rock conhecesse seu fim, e Tina Fey aposentou sua personagem adequadamente – depois de tantos relacionamentos fracassados, Liz Lemon finalmente subiu ao altar. E vejam só quem conduziu a cerimônia.
Justin Bieber teve um 2013 atribulado, cheio de polêmicas por onde passou. Enquanto isso Zach Galifianakis, em seu talk show Between Two Ferns, teve a oportunidade de falar para o jovem artista aquilo que muita gente já quis dizer.
Um monte de atores hollywoodianos se reuniu para se defrontar com o apocalipse em 2013 em É o Fim. A comédia de Evan Goldberg e Seth Rogen contou até mesmo com Emma Watson, que de repente deu de cara com um grupo de marmanjos falando sobre estupro na porta do quarto dela.