Dirty Dancing - Ritmo Quente: Patrick Swayze 'não conseguia dançar sensualmente', diz produtora

Vindo de uma formação de balé clássico, Patrick Swayze teve muita dificuldade nos primeiros ensaios de Dirty Dancing - Ritmo Quente

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 18/08/2021, às 20h55

None
Patrick Swayze e Jennifer Grey em Dirty Dancing - Ritmo Quente (Foto: Divulgação)

Patrick Swayze era um ótimo dançarino, um astro do balé treinado pela própria mãe desde a infância — por isso, inclusive, foi contratado como protagonista de Dirty Dancing - Ritmo Quente (1987) para interpretar Johnny Castle, instrutor de dança de um resort. O ator, no entanto, quase recusou o papel por uma experiência anterior, de acordo com informações do Express UK. 

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Dirty Dancing Movie (@dirtydancingmovie)

 

Swayze participou do filme musical A Febre dos Patins, o qual recebeu muitas críticas após o lançamento em 1979 — depois disso, o ator jurou que nunca mais dançaria em frente às câmeras e quase negou o papel em DirtyDancing por isso. Ao final, aceitou interpretar o galã Johnny Castle, mas, quando chegou aos ensaios, surpreendeu-se porque um produtor disse que ele "não conseguia dançar sensualmente."

+++LEIA MAIS: 6 cenas de dança inesquecíveis do cinema: de As Branquelas a Dirty Dancing [LISTA]

O documentário Patrick Swayze: The Demons and the Dance (2021) explorou os detalhes deste momento e as tensões que começavam a surgir entre o ator e Jennifer Grey, a protagonista do filme; integrantes do elenco revelaram como os dois "não se davam bem."

Nas palavras de Swayze, o roteiro de Dirty Dancing o encheu de emoção, mas não foi um impacto positivo. "Não gostei. Nos oito anos que haviam passado desde A Febre dos Patins, evitei papéis os quais envolviam dançar ou que tinham essa característica de ídolo teen." Com essa proposta, o ator precisou escolher entre permanecer na zona de conforto ou se arriscar em um filme o qual poderia ajudá-lo como profissional.

+++LEIA MAIS: Filme Dirty Dancing terá roteiro adaptado para musical televisivo 

A esposa, Lisa Niemi, ajudou-o na decisão e, ao final, Swayze concordou em participar do filme. Quando chegou aos primeiros ensaios, não agradou muito aos produtores: "Patrick tinha treinamento de balé clássico, não conseguia dançar sensualmente," disse Linda Gottlieb. A produtora também relembrou como o coreógrafo Kenny Ortega dizia: "Não, Patrick! Relaxe os quadris!" Portanto, todo o treinamento vindo da mãe não ajudou o artista em Dirty Dancing.


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!