Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Ice Cube perdeu US$ 9 milhões em propostas no cinema após se recusar a tomar vacina do COVID

Ator e rapper, Ice Cube foi escalado junto com Jack Black - e ganharia cerca de R$ 50 milhões - em um filme ambientado no Havaí

Redação Publicado em 23/11/2022, às 12h05

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ice Cube (Foto: Reprodução / Twitter)
Ice Cube (Foto: Reprodução / Twitter)

Ice Cube confirmou ter perdido US$ 9 milhões (cerca de R$ 48 milhões na cotação atual) na indústria cinematográfica por não se vacinar contra a COVID-19. O rapper foi retirado da comédia Oh Hell No, dirigido por Kitao Sakurai e co-estrelado por Jack Black, segundo informações da Rolling Stone EUA.

O artista falou sobre a situação no podcast Million Dollaz Worth of Game na última segunda-feira, 21. Os produtores do filme teriam solicitado que todos os membros do elenco fossem vacinados para participar da produção, que na época planejava filmar no Havaí durante o inverno.

+++ LEIA MAIS: Ice Cube responde críticas após compartilhar post antissemita

Recusei alguns filmes porque não queria receber a p**ra da vacina. F*d*-se os Estados Unidos por tentar me fazer conseguir. Não sei como Hollywood se sente sobre mim agora.”

Ice Cube - que atualmente está atuando ao lado de Snoop Dogg, E-40 e Too Short no supergrupo de rap Mount Westmore - se viu envolvido em um polêmica no ano passado, quando pareceu se alinhar com a administração Trump por um mês durante a eleição de 2020.

+++ LEIA MAIS: Eminem faz lista dos melhores rappers de todos os tempos - e, acredite, não se coloca entre eles

O rapper explicou mais tarde em uma entrevista à Rolling Stone EUA: “Bem, não falei com Trump. Nunca o conheci em minha vida. Então, conversei com o pessoal dele e ele fez ajustes em seu plano. Essa é apenas a verdade. Posso inventar algumas besteiras e mentir sobre o que aconteceu. Essa é a verdade. Foi o que aconteceu. E os democratas ainda tiveram a oportunidade de fazer a mesma coisa. Eles têm a oportunidade de fazer isso.”

Ele continuou: “E veja, não estou dizendo a ninguém em quem votar. Não estou endossando ninguém. É uma decisão que as pessoas devem tomar por conta própria. Mas foi o que aconteceu. E vou falar com todos os presidentes até terminarmos isso.”