Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Cinema / NOVIDADE

Jenna Ortega deixa o elenco de Pânico 7

Decisão não estaria relacionada à demissão de Melissa Barrera, que interpretava a irmã da personagem de Ortega na franquia

Jenna Ortega deixa o elenco de Pânico 7 (Foto: Reprodução/Paramount Pictures)
Jenna Ortega deixa o elenco de Pânico 7 (Foto: Reprodução/Paramount Pictures)

Após a demissão de Melissa Barrera, Jenna Ortega é mais um nome fora do elenco de Pânico 7, novo capítulo da franquia criada por Kevin WilliamsonWes Craven. Segundo informações do Deadline, a decisão da atriz de deixar o filme seria em função de conflitos em sua agenda e não teria relação com o desligamento da colega, que interpretava Sam Carpenter, irmã da personagem de OrtegaTara Carpenter.

O veículo ainda disse que a saída de Ortega do filme foi discutida antes da greve dos atores em Hollywood, que chegou ao fim recentemente. Como Pânico 7 ainda não tem um roteiro pronto, a atriz se comprometeu a gravar a segunda temporada de Wandinha, série da Netflix, a partir de abril de 2024, na Irlanda, além de ainda ter algumas filmagens adicionais de Os Fantasmas Se Divertem 2, previsto para estrear em setembro do próximo ano.

+++LEIA MAIS: Demissão de Melissa Barrera, saída de Neve Campbell e mais polêmicas dos bastidores de Pânico

Entenda a demissão de Melissa Barrera

Melissa Barrera, que interpretava a filha de Billy Loomis (Skeet Ulrich) e atual final girl da franquia, foi demitida por usar as suas redes sociais para demonstrar apoio à Palestina em meio ao conflito. "Venho de um país colonizado", escreveu a atriz, acrescendo o emoji de uma bandeira do México, em referência ao seu país natal.

"A Palestina vai ser livre! Eles tentaram nos enterrar, [mas] mal sabiam que éramos sementes", continuou Barrera.
Comentário de Melissa Barrera no Instagram (Reprodução)
Comentário de Melissa Barrera no Instagram (Reprodução)

+++LEIA MAIS: Fãs ameaçam boicotar Pânico 7 após demissão de Melissa Barrera

"Gaza está sendo tratada, atualmente, como um campo de concentração", ainda disse em outra publicação. "Encurralar todos juntos, sem ter para onde ir, sem eletricidade, sem água... As pessoas não aprenderam nada com a nossa história. E, assim como nossas histórias, as pessoas ainda assistem silenciosamente a tudo acontecer. ISSO É GENOCÍDIO E LIMPEZA ÉTNICA", finalizou a atriz.

Em suas redes sociais, Christopher Landon, escalado para dirigir Pânico 7, comentou a demissão de Barrera da franquia:"Essa é a minha declaração: 💔. Tudo é uma droga. Parem de gritar. Essa não foi uma decisão minha", escreveu no X. No entanto, algum tempo depois, o cineasta deletou a publicação e não falou mais sobre o assunto.

+++LEIA MAIS: Diretor de Pânico 6 conta como filme derruba teoria popular sobre Stu Macher

Christopher Landon, diretor de Pânico 7, comenta demissão de Melissa Barrera (Foto: Reprodução/X)
Christopher Landon, diretor de Pânico 7, comenta demissão de Melissa Barrera (Foto: Reprodução/X)