Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Cinema / NOVIDADE

O Exorcista: Nova trilogia deve ser mantida mesmo com recepção negativa de O Devoto

O Exorcista: O Devoto chega aos cinemas brasileiros a partir desta quinta-feira, dia 12 de outubro

Nova trilogia de O Exorcista deve ser mantida mesmo com recepção negativa de O Exorcista: O Devoto (Foto: Divulgação/Universal Pictures)
Nova trilogia de O Exorcista deve ser mantida mesmo com recepção negativa de O Exorcista: O Devoto (Foto: Divulgação/Universal Pictures)

O Exorcista: O Devoto chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira, dia 12 de outubro, sob chumbo grosso. A produção, que é uma sequência de O Exorcista, longa de William Friedkin lançado há 50 anos, teve uma recepção negativa da crítica e do público e, atualmente, ostenta uma nota de 23% de jornalistas e 58% dos espectadores no Rotten Tomatoes.

Porém, mesmo com o retorno abaixo do esperado, a Universal Pictures não deve desistir da nova trilogia de terror, que é comandada por David Gordon Green (Halloween) e já tem uma sequência, The Exorcist: Deceiver (O Exorcista: O Enganador, em tradução livre), confirmada para abril de 2025.

+++LEIA MAIS: O Exorcista: Diretor revela como convenceu Linda Blair voltar à franquia

Segundo informações do The Hollywood Reporter, a Universal teria gasto US$ 400 milhões na aquisição de direitos da franquia, não só para produzir a trilogia, mas para utilizar a marca em outras ações comerciais.

Ainda assim, o estúdio deve rever o roteiro do segundo filme antes de prosseguir com a produção, para garantir que a sequência tenha uma performance melhor. Até o momento, O Exorcista: O Devoto já arrecadou US$ 46 milhões mundialmente, segundo o Mojo Box Office.

+++LEIA MAIS: “O Exorcista”: as principais diferenças entre o clássico de 1973 e o livro que deu origem ao filme

Sobre O Exorcista: O Devoto

No novo filme, Victor Fielding (Leslie Odom Jr., Hamilton) é um viúvo, que cuida sozinho da filha, Angela (Lidya Jewett), há doze anos. Após deixar a menina e a amiga dela, Katherine (Olivia Marcum), desaparecerem da escola e retornarem três dias, sem memória alguma do que aconteceu, ele precisa confrontar o mal.

Desesperado para salvar a vida da filha, Victor vai atrás da única pessoa viva que testemunhou algo parecido antes: a atriz Chris MacNeil (Ellen Burstyn), que teve a sua vida alterada para sempre por um episódio com a sua filha, Reagan (Linda Blair), cinco décadas antes. Assista ao trailer:

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!