Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Cinema / Polêmica

Pânico 7: Jenna Ortega saiu da franquia após produtora recusar salário de US$ 10 milhões, diz site

Atriz seguiu os mesmo instintos que Neve Campbell - que também teve o pedido de aumento salarial recusado

Emanuela Lemes | @emanuelalemes Publicado em 30/11/2023, às 13h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Jenna Ortega em 'Pânico 6' (Foto: Reprodução/Paramount Pictures)
Jenna Ortega em 'Pânico 6' (Foto: Reprodução/Paramount Pictures)

Ao contrário de Melissa BarreraJenna Ortega teria saído da franquia de terror Pânico após a produção ter recusado um aumento em seu salário. 

+++ LEIA MAIS: Demissão de Melissa Barrera, saída de Neve Campbell e mais polêmicas dos bastidores de Pânico

Segundo informações do The Hollywood Reporter, o pedido de reajuste seguiu a ascensão da carreira de Ortega, que vem ganhando cada vez mais destaque, principalmente após estrelar a série Wandinha (2022), da Netflix. 

Ortega recebeu quase US$ 1 milhão pelos filmes anteriores, mas sua equipe agora quer projetos com pagamentos significativos, algo pelo qual a franquia Pânico não é conhecida. Fontes indicaram ao site que a atriz estava buscando em torno de US$ 10 milhões de pagamento para o sétimo filme e esperava que a Spyglass, produtora da franquia, aceitaria um novo acordo, mas esse não foi o caso.

+++LEIA MAIS: Fãs ameaçam boicotar Pânico 7 após demissão de Melissa Barrera

A mesma situação aconteceu com Neve Campbell. A intérprete de Sidney Prescott, que recebeu o maior salário, até então, pelos filmes (em torno de US$ 5 milhões por cada um), deixou a franquia por não se sentir valorizada o bastante.

O ocorrido teria supostamente influenciado a decisão do chefe da Spyglass de não realizar um novo acordo com Ortega – já que, apesar de muitos esperarem que Pânico VI (2022) fracassasse após a saída de Campbell, isso não aconteceu.

+++ LEIA MAIS: Jenna Ortega deixa o elenco de Pânico 7

Muitos previram que o filme iria fracassar sem sua estrela original, mas acabou sendo o maior filme da franquia desde o original de 1996. A aparente conclusão do chefe da Spyglass, Gary Barber é que nem as estrelas, nem os grandes salários são essenciais.

Ele não precisava de Neve, ele não precisa de Jenna,” uma das fontes do THR teria afirmado.

Apesar disso, Pânico 7 seria o fim de uma suposta trilogia focada nas duas irmãs Carpenter. Mas com a saída de ambas as atrizes, é possível que o longa precise passar por uma reestruturação quase completa. Mas será que a franquia aguentaria?