Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Cinema / Problemática

Paul Mescal defende que héteros podem interpretar personagens queers, mas com uma condição

Paul Mescal vive um romance com Andrew Scott em 'All of Us Strangers'

Redação Publicado em 14/01/2024, às 12h42

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Paul Mescal (Foto: Emma McIntyre/Getty Images))
Paul Mescal (Foto: Emma McIntyre/Getty Images))

Paul Mescal defende que atores héteros podem encarnar personagens homossexuais — com uma condição. Em All of Us Strangers, ele vive um romance com Andrew Scott, mas é, na vida fora das telas, um homem declaradamente heterossexual.

+++LEIA MAIS: All of Us Strangers: Estreia, história e tudo o que sabemos sobre o filme de Paul Mescal e Andrew Scott [LISTA]

"Depende de quem está no comando para contar a história", argumentou em entrevista ao The Sunday Times (via NME). "O problema é que houve tantas performances queers no cinema que foram ofensivas, mas isso é porque os diretores e os atores não foram cuidadosos."

Sobre o longa-metragem em que interpreta um homem gay, Paul pontuou: "Não acho que esse filme se encaixe nessa discussão, seja lá o que for. E é isso".

O ator já havia falado sobre cenas intensas que protagonizou ao lado de Scott: "Você tem o personagem de Andrew Scott, Adam, que tem 40 e poucos anos e um relacionamento difícil com o sexo. E então, você tem Harry, que está muito mais confortável. Harry serve como um espaço seguro para que ele re-explore sua sexualidade, o que eu acho muito comovente e muito sexy".

"Acho que sexo em filme, ou em qualquer outra forma de mídia, quando pode curar e ser sexy ao mesmo tempo, é quando é realmente o melhor. "