Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Além de House of the Dragon: 6 spin-offs que deram muito certo [LISTA]

Em Hollywood, é comum franquias se expandirem em spin-offs para ampliar a marca - e fazer mais dinheiro, claro

House of the Dragon (Foto: Divulgação / HBO) e Bob Odenkirk na 6ª temporada de Better Call Saul (Foto: Reprodução/AMC)
House of the Dragon (Foto: Divulgação / HBO) e Bob Odenkirk na 6ª temporada de Better Call Saul (Foto: Reprodução/AMC)

Uma tendência em Hollywood é dividir séries e filmes de sucesso em derivados, também conhecidos como spin-off. Em 2022, o público viu duas produções desse tipo com bastante destaque: Better Call Saul, de Breaking Bad, e House of the Dragon, de Game of Thrones.

É bastante difícil um spin-off igualar ou superar a produção original, mas é algo extremamente possível (além de Better Call Saul e House of the Dragon). Por conta disso, a Rolling Stone Brasil separou seis derivados que deram bastante certo. Veja abaixo:

+++LEIA MAIS: House of the Dragon: Showrunner do spin-off de Game of Thrones pede demissão; entenda


Better Call Saul

Com seis temporadas, não demorou muito para Better Call Saul cair nas graças dos fãs de Breaking Bad. O seriado mostrava a trajetória de Jimmy McGill, interpretado por Bob Odenkirk, para se tornar o advogado malando Saul Goodman, que representa e ajuda Walter White (Bryan Cranston) a construir o império de metanfetamina azul.

A produção criada por Vince Gilligan e Peter Gould trouxe outros personagens icônicos de volta, como Mike Ehrmantraut (Jonathan Banks), Tuco Salamanca (Raymond Cruz) e Gustavo Fring (Giancarlo Esposito). Porém, introduziu personagens que igualaram a grandeza de Breaking Bad, como Kim Wexler (Rhea Seehorn), Nacho Varga (Michael Mando) e Chuck McGill (Michael McKean).

+++LEIA MAIS: House of the Dragon: Conheça ator misterioso que interpreta Engorda Caranguejo


Frasier

Uma das sitcoms mais icônicas de todos os tempos, Frasier deve a própria existência para outra série do mesmo gênero: Cheers. O derivado mostra Frasier Crane (Kelsey Grammer) se mudar de Boston para Seattle em uma tentativa de recomeçar após o divórcio.


Narcos: Mexico

Narcos: Mexico deriva de uma das séries mais populares da Netflix: Narcos, estrelada por Wagner Moura no papel de Pablo Escobar. O spin-off da produção investiga a ascensão do poderoso Cartel de Guadalajara que começou vendendo maconha - e rapidamente partiu para produção de cocaína e heroína.

+++LEIA MAIS: House of the Dragon tem primeiro personagem gay


Simpsons

Você não leu errado! Simpsons não é uma produção totalmente original. A icônica animação criada por Matt Groening veio de The Tracey Ullman Show, programa de variedades que durou apenas quatro temporadas, responsável por apresentar a família amarela em uma série de curtas por três temporadas antes que os produtores decidissem dar aos personagens um seriado próprio.


Xena: A Princesa Guerreira

Antes de marcar época em Xena: A Princesa Guerreira, Xena apareceu em Hércules: A Lendária Jornada como uma espécie de vilã. Segundo IndieWire, o derivado estrelado por Lucy Lawless foi filmado em locações na Nova Zelândia, e se tornou uma espécie de ponte entre séries de fantasia mais simples e o escopo mais ambicioso que futuras produções de TV assumiriam.

+++LEIA MAIS: House of the Dragon: Com quem Rhaenyra se casará?


Law & Order: Unidade de Vítimas Especiais

Law & Order é uma das séries de policial mais icônicas de todos os tempos. A franquia teve diversos spin-offs, mas o que se sobressaiu foi Law & Order: Unidade de Vítimas Especiais. Com 23 temporadas até o momento - a 24ª estreia em 22 de setembro de 2022 -, o derivado se tornou o seriado live-action transmitido no horário nobre dos EUA mais longo da história.