Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Ator de Voldemort sai em defesa de J.K. Rowling: 'O abuso verbal dirigido a ela é nojento'

Para Ralph Fiennes, que viveu o cruel Lord Voldemort em Harry Potter, as críticas direcionadas a J.K. Rowling são 'terríveis'

Redação Publicado em 25/10/2022, às 13h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ralph Fiennes como Lord Voldemort em Harry Potter (Foto: Divulgação)
Ralph Fiennes como Lord Voldemort em Harry Potter (Foto: Divulgação)

Autora de uma das sagas mais famosas da literatura fantástica, J.K. Rowling tem se envolvido em diversas polêmicas nos últimos anos, principalmente nas redes sociais. E, agora, o ator Ralph Fiennes, que interpretou o temido Lord Voldemort em Harry Potter, saiu em defesa da escritora.

Também conhecido por seus papéis nos filmes King's Man: A Origem e A Lista de Schindler, Ralph Fiennes tem realizado diversas entrevistas para divulgar seu novo projeto, o bizarro O Menu, com Anya Taylor-Joy. E foi em uma conversa com o The New York Times que o ator falou sobre a autora.

+++LEIA MAIS: O Menu: Terror com Anya Taylor-Joy e Ralph Fiennes ganha novo trailer [VÍDEO]

J.K. Rowling escreveu ótimos livros sobre empoderamento, sobre crianças se descobrindo como seres humanos. É sobre como você se torna um ser humano melhor, mais forte e mais moralmente centrado. O abuso verbal dirigido a ela é nojento, é terrível.”

Segundo Fiennes, ele entende as críticas daqueles que questionam as falas de J.K. Rowling “sobre as mulheres”. “Mas ela não é uma fascista obscena de extrema-direita. É apenas uma mulher dizendo: 'Sou mulher, sinto que sou mulher e quero poder dizer que sou mulher'. E eu entendo de onde ela está vindo. Mesmo que eu não seja uma mulher”, afirmou o ator.

+++LEIA MAIS: Lançamento de J.K. Rowling desperta (mais uma) polêmica sobre racismo e transfobia

Curiosamente, esta não é a primeira vez que o intérprete do Lord Voldemort sai em defesa da criadora do universo de Harry Potter. Em entrevista ao The Telegraph em 2021, por exemplo, o ator afirmou que “não consegue entender o ódio” direcionado a J.K. Rowling.

Eu consigo entender o calor de uma discussão, mas acho esta era de acusação e a necessidade de condenar irracionais. Acho perturbador o nível de ódio que as pessoas expressam sobre pontos de vista diferentes dos deles e a violência da linguagem para com os outros”, disse ele, na época.

As polêmicas relacionadas à criadora de Harry Potter surgiram há alguns anos, principalmente quando, em 2020, a autora realizou uma publicação considerada transfóbica por muitos internautas. Naquele ano, J.K. Rowling compartilhou um artigo que se referia a “pessoas que menstruam”, criticando o termo e afirmando que apenas a palavra “mulheres” deveria ser aplicada no texto.

+++LEIA MAIS: Ator de Voldemort, Ralph Fiennes duvida que J.K. Rowling fará um novo livro de Harry Potter