Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Better Call Saul: Quais foram as cenas mais difíceis para Bob Odenkirk? Ator responde

Segundo Bob Odenkirk, cenas mais difíceis de Better Call Saul envolviam Jimmy e Kim Wexler

Redação Publicado em 27/08/2022, às 15h26

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Bob Odenkirk na 6ª temporada de Better Call Saul (Foto: Reprodução/AMC)
Bob Odenkirk na 6ª temporada de Better Call Saul (Foto: Reprodução/AMC)

Spin-off da aclamada Breaking Bad, Better Call Saul teve seis temporadas e diversas cenas diferentes. Intérprete do protagonista Jimmy McGill/Saul Goodman, Bob Odenkirk revelou como havia um aspecto particular da série que trazia um desafio até o fim da narrativa criada por Vince Gilligan e Peter Gould.

Segundo o ator, as cenas mais desafiadoras para filmar foram certas interações entre Jimmy e Kim Wexler, interpretada por Rhea Seehorn. Principalmente quando um deles precisa esconder os verdadeiros sentimentos ou intenções do outro.

+++LEIA MAIS: Better Call Saul: Criador explica final surpreendente da série; entenda

"É muito difícil para [Jimmy e Kim] mentirem um para o outro. Essas foram as cenas mais difíceis porque esses dois personagens captam pequenos detalhes de todos ao seu redor," afirmou Odenkirk. "Rhea e eu teríamos que repassar [essas cenas repetidamente]. Muitas vezes, tentávamos descobrir maneiras de um personagem não estar olhando para o outro quando eles contavam a mentira."

"Tipo, quando Jimmy diz que vai para o deserto, ele vai pegar esse dinheiro e 'confie em mim, vai ser ótimo. Vai ficar tudo bem.' E então ele a abraça, e você vê o rosto dele cair sobre o ombro dela," continuou o artista. "Tentar mentir um para o outro nesses personagens foi muito difícil porque estávamos interpretando esses dois personagens que eram afiados para caramba."

+++LEIA MAIS: Better Call Saul: Como El Camino, filme de Breaking Bad, influenciou o final da série? Criador responde

Better Call Saul: Último episódio é o mais assistido da história da série

A aclamada série Better Call Saul, spin-off de Breaking Bad, acabou no dia 15 de agosto, após sete anos no ar. E, trazendo um desfecho para a trama do famoso advogado, o último episódio, intitulado “Saul Gone”, tornou-se o mais assistido da história da série.

Até o fim da última temporada, o capítulo mais famoso de Better Call Saul era o último de sua terceira temporada. Segundo o The Wrap, o capítulo havia conquistado impressionantes 1,8 milhão de espectadores no dia em que foi lançado.

+++LEIA MAIS: Better Call Saul: Os 6 melhores episódios da série - um de cada temporada

O fim da série, por sua vez, chegou para quebrar todos os recordes da produção, além de ser aclamado pela crítica. Isso porque, após trazer os queridos Walter White (Bryan Cranston) e Jesse Pinkman (Aaron Paul) em um flashback, o último capítulo da sétima temporada arrecadou 2,7 milhões de espectadores ao vivo e no mesmo dia na AMC.

Curiosamente, no entanto, o season finale de Better Call Saul não chegou nem perto do episódio mais assistido da AMC. O posto, segundo o ScreenRant, continua sendo o último capítulo de Game of Thrones, que, em 2019, atraiu mais de 13,6 milhões de espectadores.

+++LEIA MAIS: Better Call Saul: Bob Odenkirk tem ciúmes de Kim Wexler, diz Rhea Seehorn