David Simon, criador de The Wire, se recusa a filmar no Texas por lei antiaborto

O showrunner está desenvolvendo uma minissérie sobre eventos relacionados que aconteceram no Texas, mas é contra lei antiaborto do estado

Redação Publicado em 22/09/2021, às 17h50

None
David Simon, criador de The Wire (Foto: Amy Sussman/Getty Images)

Considerado um dos showrunners mais prestigiados do mundo, David Simon, criador de The Wire, foi contratado para uma minissérie da HBO que irá contar sobre eventos que aconteceram no Texas, EUA — no entanto, o produtor se recusa a filmar no estado.

Apesar de a produção focar em acontecimentos do Texas, David Simon se recusou a filmar no estado devido à leiantiaborto que entrou em vigor no estado. Segundo informações do site Consequence, o produtor anunciou a decisão no Twitter:

+++LEIA MAIS: HBO Max: 5 séries históricas para assistir no streaming - de Friends a The Wire [LISTA]

"Para um empregador, isso está além da política. Estou entregando roteiros no mês que vem de uma minissérie de não ficção da HBO baseada em eventos no Texas, mas não posso e não vou pedir ao elenco/equipe feminina que renuncie às liberdades civis para filmar lá," escreveu o criador de The Wire.

Em seguida, David Simon pediu, em tom irônico, locações de filmagens que se parecessem com as cidades de Dallas e Fort Worth, localizadas no estado do Texas: “O que mais se parece com Dallas / Ft.Woth?", questionou na rede social.

+++LEIA MAIS: Uma Thurman revela aborto na adolescência: 'Meu coração estava partido'

Segundo reportagem do Consequence, alguns perfis se irritaram com o anúncio do produtor, e questionaram: "Você esperava que todo o elenco feminino precisasse de um aborto enquanto estivesse lá? Isso é tão condescendente com as mulheres e você nem mesmo percebe.”

David Simon, contudo, respondeu às críticas: “Não ... Não prevejo nada além disso, se até mesmo um de nossos funcionários exigir total controle de seu próprio corpo e escolhas - e se uma lei negar isso ou criminalizar ainda mais nossa tentativa de ajudá-la a exercer esse controle, deveríamos ter filmado em outro lugar. ”

+++LEIA MAIS: Suprema Corte do México descriminaliza abordo em decisão histórica

Atualmente, de acordo com o Globo, David Simon trabalha na minissérie We own this city, baseada no livro do repórter Justin Fenton sobre a ascensão e a queda da força-tarefa de Rastreamento de Armas do Departamento de Polícia de Baltimore, cidade natal dele e palco para a clamada série The Wire.

Lei antiaborto no Texas

A lei antiaborto entrou em vigor no Texas no mês de setembro, e proíbe a interrupção da gravidez após seis semanas de gestação, além de permitir que qualquer pessoa processe os responsáveis a ajudar no aborto.

+++LEIA MAIS: Damares defende 'vida desde a concepção' em discurso na ONU e contraria legislação brasileira sobre aborto

Conforme explicou reportagem do Globo, o aborto é legalizado nos EUA desde 1970, e a lei aprovada no estado é a mais restritiva desde então. A única exceção do texto é em relação a questões graves de saúde da grávida, mas exige uma prova escrita de um médico atestando o problema.