Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Fala de Monark no Flow Podcast gerou prejuízo de R$ 8 milhões, diz Igor 3K

Igor 3K agora é dono dos Estúdios Flow e o único anfitrião do Flow Podcast

Redação Publicado em 16/12/2022, às 08h55

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Monark (Foto: Reprodução / Flow Podcast)
Monark (Foto: Reprodução / Flow Podcast)

Em fevereiro de 2022, o youtuber Monark foi desligado do Flow Podcast, um dos maiores videocasts do Brasil, após fazer apologia nazista ao defender a criação de um partido que defende a nefasta ideologia política no país. Agora, Igor 3K, dono dos Estúdios Flow, revelou como essa polêmica gerou prejuízo de R$ 8 milhões à empresa.

Durante entrevista à GQ, 3K relembrou o caos que aconteceu na empresa no dia das falas de Monark. "Perdemos mais uns R$ 8 milhões em acordos que estavam encaminhados e foram cancelados. Nossa receita zerou e tínhamos uma folha de pagamento com 90 pessoas," afirmou. "Chegou um momento em que respirávamos por aparelhos."

+++LEIA MAIS: Monark: Ministério Público abre investigação contra apresentador por apologia nazista

No entanto, mesmo com esse contratempo, Flow conseguiu voltar a ter receita expressiva, e alcançou a meta de R$ 6 milhões no segundo semestre de 2022. Além disso, Igor 3K destacou a força que o videocast ainda tem, com recordes em entrevistas aos então candidatos à presidência da república, Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL).

Tenho noção da força da ferramenta que conduzo.


Tico Santa Cruz, Lucas Silveira e dezenas de artistas pedem exclusão de episódio no Flow após fala de Monark sobre partido nazista

Cerca de 30 convidados do podcastFlow pediram que a participação deles fosse excluída do programa após o youtuber e apresentador Bruno Aiub, conhecido como Monark, defender um partido nazista no Brasil.

+++LEIA MAIS: Dua Lipa é acusada de ‘ideia nazista’ e se defende: ‘Mal interpretada’

Tico Santa Cruz, Lucas Silveira, Gabriela Prioli, Benjamin Back, MV Bill, João Gordo e Diogo Defante Dan Stulbach são alguns artistas que se manifestaram contra Monark, que atraiu uma onda de críticas e notas de repúdio nas redes sociais.