Jô Soares 'mudou minha vida', diz Fábio Porchat

Fábio Porchat foi revelado como humorista no Programa do Jô, exibido na TV Globo, há exatos 20 anos

Redação Publicado em 05/08/2022, às 11h48

None
Jô Soares (Foto: Reprodução) e Fábio Porchat último episódio do Programa do Porchat (Foto: Reprodução/Youtube)

Após a notícia da morte de Jô Soares na madrugada desta sexta, 5, Fábio Porchat concedeu entrevista à BandNews FM para expressar gratidão ao apresentador e humorista. Vale lembrar como Porchat foi revelado no Programa do Jô, exibido na TV Globo entre 2000 e 2016, em 2002.

Após deixar Fábio Porchat fazer uma esquete, o humorista do Porta dos Fundos decidiu seguir e se dedicar a carreira de humorista. "Ele era de uma generosidade. O é um marco na comédia brasileira não só por ser o comediante que foi, mas por criar o talk show no Brasil, por todas as portas que ele abriu," afirmou. "Ele era o YouTube da época que fazia as pessoas ficarem conhecidas."

+++LEIA MAIS: Jô Soares: 5 entrevistas marcantes do apresentador e humorista

Em seguida, Porchat relembrou do dia em que, como espectador, ofereceu-se para fazer uma piada com Jô Soares na frente das câmeras e do palco: "Naquele dia, mudei minha vida de forma visceral. Fui assistir ao Programa do Jô com a faculdade, fazia administração e pedi para ir lá na frente fazer uma brincadeira. E foi ali que descobri o que eu queria fazer de verdade.

Ali que mudei minha vida. O fazia isso, ele mudava a vida das pessoas.
 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Fabio Porchat (@fabioporchat)

Jô Soares morre aos 84 anos

Morreu, na madrugada desta sexta-feira (5), o apresentador, humorista, ator e escritor Jô Soares. Ele tinha 84 anos. Jô estava internado desde o dia 25 de julho no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tratando de uma pneumonia, mas a causa da morte não foi divulgada.

+++LEIA MAIS: Bira, baixista do Programa do Jô, morre aos 85 anos

Quem confirmou a morte de foi Flávia Pedras, ex-mulher do apresentador:

"Você é orgulho pra todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você" escreveu, "Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem. Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito, pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes, que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo, e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo”. No post, Flávia ainda comenta que o funeral será reservado à família e a amigos próximos.