Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Shannen Doherty, de Barrados no Baile, diz que câncer espalhou pelos ossos

Atriz foi diagnosticada com câncer de mama em 2015 e, desde então, já passou por mastectomia, quimioterapia e radioterapia

Shannen Doherty, de Barrados no Baile, diz que câncer de mama espalhou pelos seus ossos (Foto: Neilson Barnard/Getty Images)
Shannen Doherty, de Barrados no Baile, diz que câncer de mama espalhou pelos seus ossos (Foto: Neilson Barnard/Getty Images)

Shannen Doherty, mais conhecida por ter vivido Brenda Walsh, uma das protagonistas de Barrados no Baile(1990-2000), revelou que o seu câncer de mama, diagnosticado em 2015, espalhou por seus ossos. Em entrevista à revista People, a atriz ainda reforçou os seus desejos para o futuro.

"Não quero morrer. (...) Não terminei de viver. Não terminei de amar. Não terminei de criar. Não terminei de esperar as coisas mudarem para melhor... Ainda não terminei", declarou a atriz.

Desde que foi diagnosticada com a doença, Doherty, que também fez sucesso na série Charmed (1998-2006), tratou o câncer com mastectomia, quimioterapia e radioterapia. Em abril de 2017, ela revelou que havia entrado em remissão, mas o câncer voltou dois anos depois.

Em junho deste ano, Doherty contou, em suas redes sociais, que o câncer havia espalhado para o seu cérebro e ela havia passado por uma cirurgia para remover o tumor. Agora, a atriz afirmou que a doença se espalhou por seus ossos e ela está em estágio 4, que é considerado terminal.

+++LEIA MAIS: Shannen Doherty, de Barrados no Baile, sobre câncer: "Não quero começar a agir como se estivesse morrendo"

Porém, ao invés de se render, Doherty decidiu investir na arrecadação de fundos para encontrar a cura para a doença: "Quando você se pergunta: 'Por que eu? Por que eu tive câncer?'. E, então: 'Por que meu câncer voltou? Por que estou no estágio 4?' Isso faz com você comece a olhar para os grandes propósitos da vida", declarou. "É insano para mim que ainda não exista uma cura", acrescentou.

Atualmente, a atriz está lutando para conseguir participar de experimentos clínicos para o desenvolvimento de tratamentos para o seu tipo de câncer, mas o que mais deseja é poder voltar a trabalhar, apesar de seu diagnóstico:

"As pessoas assumem que [ter câncer] significa que você não pode andar, não pode comer, não pode trabalhar. Elas colocam você de lado muito cedo: 'Você está acabada, você está aposentada'. E nós não estamos", afirmou.

"Somos vibrantes e temos uma visão muito diferente da vida. Somos pessoas que querem trabalhar, abraçar a vida e seguir em frente", ainda disse Doherty.

Por fim, a atriz reiterou as suas "melhores memórias ainda vão acontecer": "Eu rezo. Acordo e vou para a cama agradecendo a Deus, orando pelas coisas que são importantes para mim, sem pedir muito. Isso me conecta a um poder superior e à espiritualidade. Minha fé é meu mantra", disse.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!