Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Depeche Mode: 'Spirit' foi o disco 'mais difícil de produzir,' diz James Ford

O músico e produtor James Ford destacou "clima estranho" durante as gravações de "Spirit"

Depeche Mode (Foto: Getty Images)
Depeche Mode (Foto: Getty Images)

James Ford, produtor conhecido por trabalhar com grandes nomes do rock e integrante do Simian Mobile Disco, falou sobre sua colaboração com o Depeche Mode. Em entrevista ao NME, o músico destacou que Spirit (2017) foi um dos discos "mais difíceis" da carreira.

"Foi o mais difícil provavelmente porque todos estavam em um local horrível, o clima estava estranho, não estávamos avançando. Muito daquilo parecia como uma terapia de casal para evitar que tudo saísse dos trilhos e a banda se separasse," afirmou.

+++ Depeche Mode 'evita angústia' em Memento Mori e prepara shows sem Andy: ‘Nos afetará'

Ford voltou a trabalhar com o grupo em Memento Mori (2023) e revelou o choque após a morte do tecladista Andy Fletcher: "Foi estranho porque, depois de ouvirmos as demos, Andy morreu inesperadamente. Foi um choque para todos os envolvidos."

"Achei que o disco não iria acontecer, mas Martin Gore e Dave Gahan pensaram que o melhor a se fazer era continuar com a produção. Foi muito agridoce, uma experiência interessante. À luz de uma pincelada da mortalidade, Martin e Dave estavam arrumando o próprio relacionamento, parecia que eram irmãos se reencontrando após muito tempo. Eles até escreveram uma canção juntos," relembrou sobre os bons momentos na gravação.

Em entrevista à Rolling Stone Brasil,Gore elogiou o trabalho com Ford: "Ele é um ótimo produtor, mas também um grande músico. É muito bom tê-lo por perto. Ele pode surgir com uma ideia, por exemplo: ‘Oh, vamos adicionar uma linha de baixo junto com o sintetizador.’ Então, ele vai lá e toca o baixo, grava em apenas um take, e fica incrível, nem precisamos mexer."

+++ LEIA MAIS: Depeche Mode anuncia disco e turnê: 'Não vamos substituir Fletcher'