Green Day no Brasil: relembre momentos icônicos de todas as vindas da banda [LISTA]

O público brasileiro acompanhou a evolução do Green Day com as três vindas da banda ao Brasil

Redação Publicado em 03/11/2021, às 16h48

None
Billie Joe Armstrong comandando o Green Day no programa de Jimmy Fallon (Foto: Reprodução / Vídeo)

O Brasil acompanhou a trajetória do Green Day ao longo dos anos e discos, desde Nimrod (1997) até RevolutionRadio (2016), passando por American Idiot (2004) e 21st Century Breakdown (2009). A banda composta por Billie Joe Armstrong, Mike Dirnt e Tré Cool deixou uma marca no país latino-americano com performances memoráveis.

Pensando nisso, relembramos as três vindas do Green Day ao Brasil — em 1998, 2010 e 2017 — e as curiosidades e momentos mais icônicos dos shows. Confira abaixo:

+++LEIA MAIS: O dia em que Dave Grohl viu a mãe beber cerveja com o Green Day: 'Ela é muito legal' [FLASHBACK]

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Green Day (@greenday)

 


Estreia do Green Day no Brasil

Em novembro de 1998, a banda liderada por Billie Joe Armstrong pisou no Brasil pela primeira vez para uma série de quatro shows: dois em São Paulo, um no Rio de Janeiro e um em Belo Horizonte, Minas Gerais.

A turnê era para promover o disco Nimrod (1997), que introduziu canções como "Good Riddance (Time of Your Life)" e "Hitchin'a Ride," mas o Green Day também tocou covers como "Eye of the Tiger," do Survivor, e "Blitzkrieg Bop," dos Ramones. O mais curioso, porém, foi que os ingressos para o show no Ginásio Mineirinho custaram apenas R$ 20 para um local relativamente vazio, mas com muitos fãs apaixonados pela banda de punk rock.

+++LEIA MAIS: Billie Joe Armstrong escolhe melhor disco e música do Green Day - e surpreende


Setlist da turnê de 2010

Em 2010, o Green Day retornou à América Latina para a turnê 21st Century Breakdown e tocou quatro shows no Brasil. A setlist foi imensa, com 35 músicas e quase três horas no total, e incluiu algumas das canções mais icônicas da banda, como "Holiday," "American Idiot," "Wake Me Up When September Ends," "21 Guns" com a introdução de "Paint It Black," dos Rolling Stones, e diversos covers, como "Hey Jude," dos Beatles, "Eruption" (Van Halen) e "Master Of Puppets" (Metallica).


Show impactante em 2017

Sete anos após a última performance, o trio retornou ao Brasil para a turnê Revolution Radio, que apoiava o disco homônimo, lançado em 2016. O show contou, claro, com diversos hits da banda e alguns covers de músicas clássicas — até incluíram um trecho de "Garota de Ipanema," de Antonio Carlos Jobim, em "King for a Day."

+++LEIA MAIS: Oscar Isaac tinha banda de ska e já abriu show do Green Day antes de ser ator

Nas apresentações, o vocalista e guitarrista Billie Joe Armstrong aproveitou para inserir algumas manifestações sociais e políticas, como é de costume do Green Day. Durante "Holiday," o cantor fez uma oposição ao então presidente dos Estados Unidos Donald Trump, além de deixar claro como a banda era oposta a todos os tipos de preconceito e discriminação.