Johnny Hooker reclama de baixa demanda pelas músicas e anuncia 'retirada'; entenda

Johnny Hooker usou as redes sociais para desabafar sobre as dificuldades na carreira na música

Redação Publicado em 22/05/2022, às 14h45 - Atualizado em 25/05/2022, às 15h45

None
Johnny Hooker (Foto: Reprodução)

Cantor Johnny Hooker utilizou o Twitter para desabafar sobre a carreira ao falar da baixa demanda pelas próprias músicas e sugerir uma pausa na carreira neste sábado, 21. No perfil, Hooker falou sobre o desempenho do último single, “CUBA.”

“Para um artista existir e sobreviver sem apoio de nenhum lado precisa ter demanda orgânica, e os números do 1º dia de lançamento de ‘CUBA’ deixam claro isso. Não há mais demanda pelo meu trabalho. Se é que houve um esboço de alguma algum dia. É preciso saber a hora de se retirar,” escreveu.

+++ LEIA MAIS: Doja Cat cancela shows em festivais e turnê com The Weeknd após cirurgia: ‘Me sinto horrível por isso’

Hooker completou: “Não foi uma batalha em todo perdida, consegui driblar o poder econômico várias vezes. Tenho dois discos de platina e 250 milhões de streams orgânicos para provar isso. Fica o legado também, arte é para sempre. Mas a gente tem que manter a dignidade também.” Apesar de dar a entender que se afastaria da música, cantor anunciou que “ainda tem um disco novo inteiro que sai em algumas semanas.”

Algumas horas depois, Hooker voltou ao Twitter para se explicar sobre as publicações anteriores, afirmando que “o meu desabafo não foi por ingratidão com tudo que já conquistei (que foi muita coisa por sinal), às vezes é só um pedido de ajuda mesmo e um lembrete de que ainda estou aqui vivo, produzindo música F*DA…”

+++ LEIA MAIS: Tom Holland confirma pausa na carreira após série da Apple; entenda

“Lutando contra forças inimagináveis, tendo que provar um milhão de vezes que eu sou f*da para conseguir migalhas. Sei que a maioria entendeu. Enfim, recebam todo meu amor de volta,” finalizou. No Instagram, Hooker também falou sobre a possibilidade de uma turnê de despedida, ao ser questionado por um seguidor: “Não sei não, viu. Tem mais esse disco para lançar ainda e aí depois eu acho que acabou.” (via Folha de S. Paulo)

Essa não é a primeira vez que Hooker fala sobre dificuldades na carreira na música. Há algumas semanas, o cantor fez outro desabafo ao dizer que estava sem dinheiro para o aluguel: “Fiz cinco shows abarrotados de gente em abril. Mal deu para pagar as contas do mês. Crianças, não façam música,” afirmou.

+++ LEIA MAIS: Scalene anuncia pausa indeterminada na carreira: 'Tempo de descansar'

Hooker também aproveitou para divulgar o videoclipe de "CUBA" e brincar com a situação: "minha gente será que eu sou o 1º artista póstumo em atividade do mundo? É aquele vibe 'morri mas passo bem'," escreveu. Além disso, em outra situação aproveitou para dizer que carreira na música não dá tantos frutos e “aconselhou” os jovens a investirem em redes sociais e participações em eventos: “Invistam em TikTok e em aparecer em eventos! Ninguém gosta de música, as pessoas gostam de fofoca (risos),” disse. (via UOL)

Cantor, compositor e ator, Hooker foi vencedor do Prêmio da Música Brasileira como Melhor Cantor na categoria Canção Popular. Artista ficou conhecido principalmente por faixas que fizeram parte de trilhas sonoras. Entre os maiores sucessos estão “Volta,” “Amor Marginal” e “Alma Sebosa.”