Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

O aceno gentil de Tom DeLonge e Blink-182 ao ex-integrante Matt Skiba

Vocalista e guitarrista do Alkaline Trio fez parte da banda entre 2015 e 2022, período em que membro original esteve fora

Por Igor Miranda (@igormirandasite) Publicado em 12/05/2023, às 15h48

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Tom DeLonge e Matt Skiba (Getty Images)
Tom DeLonge e Matt Skiba (Getty Images)

O Blink-182, enfim, iniciou de forma oficial a turnê que marca a volta do vocalista e guitarrista Tom DeLonge. As apresentações inaugurais seriam na América Latina, com direito a uma passagem pelo Lollapalooza Brasil, mas uma lesão no dedo do baterista Travis Barker obrigou a banda, completa pelo baixista e cantor Mark Hoppus, a adiar os compromissos locais para 2024.

Duas performances “surpresa” ocorreram no Coachella semanas atrás, mas a tour, de fato, começou com um show em St. Paul, Minnesota, nos Estados Unidos, no último dia 4. Como esperado, o repertório tem sido composto por vários clássicos e até algumas canções mais obscuras dos álbuns gravados com DeLonge.

+++ LEIA MAIS: Blink-182 transforma Taylor Swift em pop punk em cover inusitado 

Tom DeLonge (Getty Images)
Tom DeLonge (Getty Images)

Porém, foi feito um aceno gentil a Matt Skiba, que substituiu Tom durante sua ausência (entre 2015 e 2022), com a inclusão de duas músicas de seu período. São elas: “Cynical” e “Bored to Death”, faixas presentes no disco California (2016), o primeiro com Matt na formação.

Ambas as canções foram mantidas para as apresentações seguintes, realizadas em Chicago e Detroit, respectivamente no último domingo (7) e terça-feira (9). Ou seja: tudo indica que elas seguirão presentes em toda a turnê.

Confira vídeos e o repertório completo a seguir.

  1. Anthem Part Two
  2. The Rock Show
  3. Family Reunion
  4. Man Overboard
  5. Feeling This
  6. Reckless Abandon
  7. Dysentery Gary
  8. Up All Night
  9. Dumpweed
  10. EDGING
  11. Aliens Exist
  12. Cynical
  13. Don’t Leave Me
  14. Happy Holidays, You Bastard
  15. Stay Together for the Kids
  16. Always
  17. Down
  18. Bored To Death
  19. I Miss You
  20. Adam’s Song
  21. Ghost On The Dancefloor
  22. What’s My Age Again?
  23. First Date
  24. All The Small Things
  25. Dammit

+++ LEIA MAIS: Blink-182 anuncia show no Peru e confirma vinda ao Brasil em 2024 

Blink-182, Tom DeLonge e Matt Skiba

Em 2015, Tom DeLonge anunciou sua saída do Blink-182 para se dedicar à sua outra paixão, a ufologia. Matt Skiba, conhecido pelo trabalho com o Alkaline Trio, foi anunciado em seu lugar, gravando os álbuns California e Nine (2019), além de um terceiro registro que não deve ser lançado.

Matt Skiba (Getty Images)
Matt Skiba (Getty Images)

Foi Skiba, inclusive, que indicou sua possível demissão do Blink em 2022, em um comentário no Instagram. Quando a notícia foi enfim confirmada, o músico celebrou os integrantes da sua agora ex-banda (via site Igor Miranda).

“Parabéns aos parceiros Mark Hoppus, Tom DeLonge e Travis Barker pela volta/reunião triunfal do Blink-182 e o lançamento do single [‘Edging’]! Tenho certeza que existe uma piada sobre lançamentos e finais felizes que estou perdendo, mas sou grato pelo meu tempo no Blink e estou muito feliz que vocês são uma banda e uma família novamente. OBRIGADO À BANDA E A TODOS OS FÃS DO BLINK POR ME RECEBEREM. Vocês foram deliciosos! M.”

Também pelas redes, Tom DeLonge reconheceu os esforços de Matt Skiba e disse que o Blink-182 não estaria na posição atual se não fosse o trabalho de seu substituto. Ele declarou:

“Oi Matt, Tom DeLonge aqui. Eu queria aproveitar e dizer obrigado por tudo que você fez para manter a banda viva e próspera durante a minha ausência. Eu acho que você é super talentoso (eu ainda amo escutar sua banda até hoje). Você sempre foi muito gentil comigo, não só na imprensa, mas com todo mundo. Eu notei. Emoções entre nós três no Blink sempre foram complicadas, mas o câncer do Mark colocou tudo em perspectiva. Mas para ser honesto, a banda não estaria aqui hoje se não fosse a sua habilidade de entrar e salvar o dia. Então do meu coração ao seu, muito obrigado por ser um integrante da nossa banda.”