O dia em que Ringo Starr se juntou aos Beatles [FLASHBACK]

Em agosto de 1962, Ringo Starr substituiu Pete Best nos Beatles e nunca mais deixou o posto de baterista da banda

Redação Publicado em 18/08/2021, às 11h31

None
Ringo Starr (Foto: AP)

Após Pete Best acompanhar os Beatles por dois anos, o baterista foi demitido pelo empresário Brian Epstein e substituído por Ringo Starr, o qual se apresentou oficialmente como integrante do Fab Four dois dias depois da saída de Best.

De acordo com o Ultimate Classic Rock, o Fab Four conhecia Starr desde 1959. O baterista tocava nas bandas Rory Storm e Hurricanes, mas frequentemente se reunia com Paul McCartney, John Lennon e George Harrinson quando Best não parecia disposto a subir no palco.

+++LEIA MAIS: Qual música dos Beatles Ringo Starr escutaria para o resto da vida?

Quando o trio decidiu demitir Best, Harrinson disse que seria lógico contratar Starr, ideia aprovada pelos os outros integrantes. "Devíamos colocar Ringo na banda em tempo integral," disse a banda, de acordo com o relato do guitarrista para o Anthology (2000).

Para a estreia de Starr, o grupo ensaiou por duas horas antes de se apresentar em uma dança no Hulme Hall in Birkenhead, promovida pela sociedade hortícola local, no dia 18 de agosto de 1962.

+++ LEIA MAIS: Por que os Beatles demitiram o primeiro baterista e escalaram Ringo Starr?

Mesmo com um breve período de protesto dos fãs contra a saída de Best, Starr continuou na função e permaneceu nela até os últimos dias dos Beatles, no final da década 1960 e início dos anos 1970.


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!