Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Pitty critica quem cita Lei Rouanet ao responder seus posts políticos: “Nunca usei”

Cantora ainda manifestou apoio a métodos públicos de incentivo à cultura: “Arte e artistas independentes precisam”

Igor Miranda (@igormirandasite) Publicado em 05/01/2023, às 18h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Pitty (Foto: Divulgação/ Instagram/ @pitty)
Pitty (Foto: Divulgação/ Instagram/ @pitty)

A cantora Pitty demonstrou incômodo com uma parcela de internautas que a acusa de ter usado recursos da Lei Rouanet sempre que ela faz alguma publicação de caráter político nas redes sociais.

Em post feito na noite da última segunda-feira (2) pelo Twitter, a artista deixou claro nunca ter feito uso dos recursos obtidos por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Ao mesmo tempo, destacou que métodos de incentivo à produção cultural devem existir para apoiar a arte e artistas independentes.

Em outra postagem, feita minutos depois, a cantora mostrou um dos comentários que recebeu em uma publicação sobre a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Um internauta declarou: “Lei ‘Rouanet’ venceu!!”. A artista, então, rebateu: “Sabe, a vontade é [dizer] ‘teu cy, trouxa’; mas me tornei muito elegante para isso (além de c* ser algo relativo) (Twitter, não dá pra desenvolver...)”.

+++LEIA MAIS: Rock in Rio: Pitty ironiza pedidos de camarim inusitados no festival

O posicionamento político de Pitty

Seja em músicas, shows, entrevistas ou publicações nas redes, Pitty está habituada a manifestar seu posicionamento político. Em junho de 2021, por exemplo, com uma referência à música “Na Sua Estante”, ela chegou a rebater internautas que reclamavam por ela, supostamente, ter “abandonado o rock” para “ficar com papinho de direitos iguais”.

O post rendeu mais de 100 mil curtidas e 10 mil compartilhamentos, além de milhares de comentários. Muitos fãs lembraram que Pitty apresentava o mesmo conteúdo militante desde os primeiros trabalhos de sua carreira.

Um deles, por exemplo, resgatou uma imagem de quando a cantora tocou no programa Altas Horas, da TV Globo, com a mensagem “nazi punks f#ck off” — ou “punks nazistas, caiam fora”, em tradução livre. Já outra citou músicas como “Teto de Vidro”, “Admirável Chip Novo” e “Máscara”, do primeiro álbum da artista. “Tantas letras aí que a pessoa que diz isso não entendeu. Péssimo”, declarou a fã.

+++LEIA MAIS: Lei Rouanet: por que governo quer cortar na metade teto de auxílio?