Rolling Stones cancelam show após Mick Jagger testar positivo para covid-19

Mick Jagger e Rolling Stones estão em turnê na Europa - e devem passar por Suiça, Inglaterra e Itália

Redação Publicado em 13/06/2022, às 15h48

None
Mick Jagger (Foto: Michael Hickey/Getty Images)

Mick Jagger, frontman dos Rolling Stones, testou positivo para covid-19, e a banda precisou cancelar show que seria feito nesta segunda, 13, em Amsterdã, capital da Holanda. O anúncio foi feito nas redes sociais do icônico grupo britânico de rock.

A banda, a qual também conta com os guitarristas Keith Richards e Ronnie Wood, além de Steve Jordan na bateria, está na turnê Sixty, que consiste em 14 shows em dez países da Europa. Os músicos devem se apresentar em Berna, Suíça (17 de junho); Milão, Itália (21 de junho); e Londres, Inglaterra (25 de junho).

+++LEIA MAIS: Machine Gun Kelly e Yungblud dão 'vida' ao rock, afirma Mick Jagger

"Os Rolling Stones foram forçados a cancelar o show desta noite em Amsterdã no Johan Cruijff ArenA, porque Mick Jagger testou positivo após apresentar sintomas de covid ao chegar ao estádio," escreveu a banda no comunicado. "Lamentamos profundamente o adiamento desta noite, mas a segurança do público, dos músicos e da equipe de turnê precisa ter prioridade."

"O show será remarcado para uma data posterior. Os ingressos para o show desta noite serão honrados para a data remarcada. Aguarde para detalhes," continuou. No Twitter, Jagger pediu desculpas aos fãs holandeses: "Sinto muito por adiar a apresentação de Amsterdã com tão pouco tempo hoje à noite. Obrigado pela sua paciência e compreensão."

+++LEIA MAIS: Måneskin responde Mick Jagger sobre situação do rock: 'Impossível matar'


Mick Jagger critica Harry Styles após comparações: 'Não tem voz igual a minha'

Mick Jagger não gostou de comparações com Harry Styles. Conforme o vocalista dos Rolling Stones argumentou em entrevista ao The Sunday Times (via F5), ex-integrante One Direction se inspirou nele, mas não tem a mesma presença de palco.

"Ele [Harry] só tem uma lembrança superficial de quando eu era mais novo," afirmou sobre o músico, que assumidamente buscou inspiração em Jagger no começo da carreira. Em 2017, chegou a imitar o vocalista em apresentação no programa Satudary Night Live.

+++ LEIA MAIS: Coachella 2022: Lizzo ficou ‘genuinamente surpresa’ com convite de Harry Styles para participar do show

Mick destacou como até semelhanças visuais são limitadas: "Eu usava muito mais maquiagem nos olhos do que ele. Era muito mais andrógeno."

"Ele não tem uma voz como a minha e nem se mexe no palco como eu. Está tudo bem, ele não pode fazer sobre isso," completou as críticas à Styles. Os músicos se encontraram anteriormente, e clima foi amistoso apesar do tom das falas mais recentes de Jagger.

+++ LEIA MAIS: Harry Styles revela como One Direction e especulações sobre sexualidade influenciaram 3º disco