Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Rust

Advogados de Alec Baldwin apresentam moção para rejeitar as acusações

O ator foi indiciado pelo tiro acidental que feriu Joel Souza e matou Halyna Hutchins no set de gravação de Rust, em 2021

Alec Baldwin (Foto: Mike Coppola/Getty Images for Robert F. Kennedy Human Rights)
Alec Baldwin (Foto: Mike Coppola/Getty Images for Robert F. Kennedy Human Rights)

Os advogados de Alec Baldwin entraram com uma moção na quinta, 15 para rejeitar as acusações contra o ator relacionadas ao tiroteio acidental no set de Rust. O disparo acidental feriu Joel Souza, diretor do filme e matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins. A armeira responsável foi considerada culpada. 

Baldwin, que novamente se declarou inocente de homicídio involuntário em janeiro, enfrenta uma data provisória de início do julgamento em 10 de julho. O ator anteriormente se declarou inocente das mesmas acusações em fevereiro de 2023, e o caso foi arquivado dois meses depois. No entanto, depois de novos procuradores terem indiciado Baldwin novamente em Janeiro do ano passado, os seus advogados pedem novamente a rejeição das acusações.

+++LEIA MAIS: Armeira de Rust é considerada culpada de homicídio culposo por disparo no set

Segundo informações divulgadas pela CNN, os advogados de Baldwin disseram que os promotores “arrastaram Baldwin publicamente pela fossa criada por suas impropriedades — sem qualquer consideração pelo fato de que graves acusações criminais pairam sobre sua cabeça há dois anos e meio”.

Os advogados também acusaram os promotores de vazar provas ao público e de definir incorretamente o homicídio involuntário durante as instruções do grande júri. “Basta”, acrescentaram. “Isto é um abuso do sistema e um abuso de uma pessoa inocente cujos direitos foram pisoteados ao extremo.”

+++LEIA MAIS: Rust: Acusação tenta associar morte de diretora a uso de maconha por armeira