Astro de Prison Break revela ser homossexual e rejeita convite de festival russo

Wentworth Miller decidiu expor a orientação sexual dele por discordar das leis aprovadas recentemente na Rússia que dizem respeito a esse assunto

Redação Publicado em 22/08/2013, às 10h37 - Atualizado em 27/08/2013, às 16h49

Wentworth Miller
Dan Steinberg/AP

Astro da série Prison Break, Wentworth Miller revelou que é homossexual. Ele fez a declaração como uma forma de protesto contra as leis homofóbicas aprovadas pelo presidente russo Vladimir Putin.

Conheça super-heróis que assumiram a homossexualidade nas HQs.

Miller foi convidado para participar do Festival Internacional de Cinema de São Petersburgo, mas, diante dos fatos mais recentes, entre eles a aprovação de uma leis que proíbem a adoção de crianças por casais do mesmo sexo e até de se discutir sobre homossexualidade na frente de crianças.

Os dez melhores casamentos gays da história da televisão.

Em carta enviada como resposta ao convite, o ator que viveu o personagem Michael Scofield em Prison Break, de 2005 a 2009, agradece a lembrança, mas, “como um homem gay, eu devo recusar”.

Leia a tradução da carta completa abaixo:

“Prezada Sra. Averbakh:

Obrigado pelo gentil convite. Como alguém que sempre gostou de visitar a Rússia no passado e que possui um grau de ascendência russa, eu ficaria muito feliz em dizer que sim.

No entanto, como um homem gay, eu devo recusar.

Estou profundamente preocupado com a atual atitude com relação ao tratamento dado pelo governo russo a homens e mulheres homossexuais. A situação é inaceitável e eu, em sã consciência, não posso participar de uma celebração organizada por um pais no qual pessoas como eu têm os direitos básicos, de viver e amar abertamente, negados.

Talvez, quando e se as circunstâncias melhorarem, eu me sentirei livre para fazer uma escolha diferente.

Até lá,

Wentworth Miller”