Axl Rose revela que já gravou a continuação do disco Chinese Democracy

Vocalista do Guns N’ Roses pretende que dois novos álbuns sejam lançados em breve

Rolling Stone EUA Publicado em 05/06/2014, às 18h49 - Atualizado às 19h05

Guns N' Roses - Axl Rose
Aijaz Rahi/AP

Que a contagem comece: Axl Rose confirmou a existência de dois discos já finalizados para suceder Chinese Democracy, de 2008, e que eles devem sair em um futuro próximo.

Guns N’ Roses atrasa 1h30, alterna hits com solos prolongados e faz homenagem a Ayrton Senna em São Paulo.

“Gravamos muitas coisas antes do Chinese sair”, disse Rose em entrevista ao Revolver. “Trabalhamos mais nessas músicas e escrevemos algumas novas. Mas, basicamente, nós temos o que eu chamo de segunda metade do Chinese. Isso já está gravado. E nós temos também um disco de remixes com músicas do Chinese. Isso já está pronto há um tempo, também.”

Galeria: as 15 separações mais conturbadas do rock: Guns N’ Roses.

Rose diz que não tem uma previsão de quando os discos seriam lançados, mas ele pretende que isso aconteça depois que o Guns N’ Roses concluir a residência em Las Vegas, no Hard Rock Hotel – o último show está marcado para o dia 7 de junho. “Nós estamos começando a pensar seriamente no que vamos fazer”, disse Rose sobre o lançamento. Antes de isso acontecer, contudo, o Guns N’ Roses vai lançar o show da banda em 3D, em Vegas.

Guns N’ Roses atrasa somente 25 minutos, faz cover de The Who e mostra os grandes hits em Belo Horizonte.

Anteriormente, Richard Fortus, guitarrista da banda, revelou que o grupo estava “trabalhando em algumas faixas” e que elas sairiam “bom, no ano que vem”.