Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Axl Rose se emociona em homenagem à Lisa Marie Presley; 'nunca imaginei cantar nessas circunstâncias'

Axl Rose cantou 'November Rain' na cerimônia de despedida de Lisa Marie Presley, morta dia 12 de janeiro aos 54 anos

Fernanda Decaris

por Fernanda Decaris

fernanda.decaris@rollingstone.com.br

Publicado em 23/01/2023, às 12h17 - Atualizado às 12h49

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Axl Rose cantou "November Rain" para homenagear Lisa Marie Presley (Foto: Jason Kempin/Getty Images)
Axl Rose cantou "November Rain" para homenagear Lisa Marie Presley (Foto: Jason Kempin/Getty Images)

Axl Rose cantou "November Rain" no funeral de Lisa Marie Presley ontem, 22. A única filha de Elvis Presley morreu no dia 12 de janeiro aos 54 anos após uma parada cardíaca e foi enterrada ao lado do pai, em Graceland, no Tennessee. Axl também fez um discurso emocionante para a falecida amiga (via Hollywood Forever)

"Nunca, em um milhão de anos, imaginei cantar aqui, especialmente nessas circunstâncias. Isso é realmente devastador e, com certeza, doloroso para todos aqui e para todos os afetados por sua morte. Ao mesmo tempo, pode-se ver o quanto todos trabalharam e estão trabalhando para tornar isso o mais bonito possível para Lisa. Estou honrado por estar aqui para Lisa e sua família", disse o músico.

+++LEIA MAIS: Por que Axl Rose sai do palco tantas vezes durante shows do Guns N’ Roses

Além do vocalista do Guns N’ Roses, os astros Alanis Morissette e Billy Corgan também se apresentaram na cerimônia. Fãs se reuniram em volta do local para se despedir e prestar homenagens.  

Fãs prestam homenagem à Lisa Marie Presley em Graceland (Foto: Getty Images)
Fãs prestam homenagem à Lisa Marie Presley em Graceland (Foto: Getty Images)

Morte de Lisa Marie Presley

Aos 54 anos, Lisa Marie foi encontrada por sua governanta na manhã de quinta-feira, 12 de janeiro, após sofrer uma parada cardíaca. Danny Keough, ex-marido da cantora que ainda morava com a família, tinha acabado de chegar em casa, depois de deixar as gêmeas de 14 anos na escola e, assustado, chegou a realizar uma massagem cardíaca em Lisa até que os paramédicos chegassem, mantendo o pulso da ex-esposa.

+++LEIA MAIS: Lisa Marie Presley relembra divórcio com Michael Jackson: 'Eram as drogas e vampiros ou eu'

Já no hospital, Lisa Marie foi colocada em coma induzido pelos médicos responsáveis e sofreu uma morte cerebral. A família Presley foi rapidamente avisada e, pouco tempo depois, a cantora teve outra parada cardíaca, dessa vez fatal. Foi Priscilla Presley, a mãe de Lisa, quem assistiu seus últimos suspiros e ficou responsável por noticiar o mundo sobre a partida de sua filha.