Barack Obama revela que ficou emocionado ao assistir a filme sobre funcionário negro da Casa Branca

O Mordomo, protagonizado por Forest Whitaker, estreou este mês nos Estados Unidos

Redação Publicado em 28/08/2013, às 12h18 - Atualizado às 12h37

O Mordomo
Reprodução

Estreou neste mês nos Estados Unidos o filme O Mordomo, que mostra Forest Whitaker como Cecil Gaines, personagem inspirado em Eugene Allen, funcionário negro que serviu durante 34 anos a Casa Branca. E o longa de Lee Daniels não recebeu elogios apenas de críticos de cinema, mas também de um especialista no assunto – Barack Obama.

Relembre quem foram os músicos que apoiaram Obama

“Sabe, vi O Mordomo, e fiquei sim com os olhos marejados”, disse o presidente norte-americano em entrevista transmitida por diversas emissoras de rádio, segundo noticiou a agência Reuters. “Fiquei com os olhos marejados ao pensar não só nos mordomos que trabalharam aqui na Casa Branca como em toda uma geração de pessoas que eram talentosas e capacitadas, mas que por causa (das leis segregacionistas) de Jim Crow, por causa da discriminação, tinham um limite até onde podiam chegar”. A entrevista, dada aos radialistas Tom Joyner e Sybil Wilkes, foi feita em homenagem aos 50 anos da Marcha em Washington por Empregos e Liberdade , que ficou famosa principalmente pelo discurso de Martin Luther King.

O Mordomo, que tem outros nomes no elenco como Oprah Winfrey, John Cusack e Cuba Gooding Jr, narra a vida do mordomo presidencial e a luta que assumiu para igualar os direitos de negros e brancos dentro da Casa Branca. Cecil Gaines serve no longa oito presidentes norte-americanos e acompanha de perto grandes movimentações que entraram para os livros de história. Mesmo embora tenha feito barulho nos Estados Unidos e é um dos concorrentes ao Oscar, o filme ainda não tem data para chegar ao Brasil.