Billy Corgan diz ter cogitado se matar algumas vezes

“Eu literalmente comecei a planejar a minha morte”, disse o vocalista do Smashing Pumpkins

redação Publicado em 17/10/2012, às 12h00 - Atualizado às 22h37

Billy Corgan
AP

Conhecido por suas letras confessionais e melancólicas á frente do Smashing Pumpkins, Billy Corgan confessou ao programa Last Call With Carson Daly, da emissora norte-americana NBC, que cogitou o suicídio algumas vezes. A informação é do site do semanário NME.

Estrela Solitária: Leia perfil de Billy Corgan.

O cantor e compositor de 45 anos afirmou que foi sua religiosidade que o salvou da morte. “O que eu finalmente percebi no fim disso tudo é que Deus, pelo menos o que eu entendendo como Ele, estava lá o tempo todo. Assim que eu fui capaz de processar minha realidade dessa forma, eu não me senti mais como uma vítima”.

“Eu quase me matei três, quatro, sete vezes. Eu literalmente planejava a minha morte e tudo o que deixaria para trás, o que escreveria. Três ou quatro vezes na minha vida”, completou Corgan.

Em entrevista ao semanário inglês, em novembro de 2011, Corgan já havia dito que era inspirado e assombrado por ideias suicidas durante a composição e gravação do clássico disco da banda Siamese Dream, lançado em 1993.

O último álbum do Smashin Pumpkins é Oceania, deste ano, uma parte do projeto Teargarden By Kaleidyscope, cujo conceito é divulgar 44 músicas assim que forem gravadas, com download gratuito.