Cantor country Randy Howard é morto após supostamente ter resistido a prisão

Artista de 65 anos respondia ao quarto processo por direção sob efeito de álcool e posse de artefatos para o uso de drogas

Redação Publicado em 12/06/2015, às 15h08 - Atualizado às 15h43

Cantores
Reprodução/Facebook

O cantor de música country Randy Howard foi morto nesta quinta-feira, 11, no estado do Tennessee, Estados Unidos, por um agente da justiça que teria supostamente reagido à resistência do artista em ser levado sob custódia, publicou o jornal The Guardian.

Steven Tyler lança single de disco solo country; ouça “Love Is Your Name”.

Howard, de 65 anos, enfrentava o quarto processo por direção sob efeito de álcool, posse de artefatos para uso de drogas, posse de arma de fogo sob intoxicação e direção sem carteira de habilitação.

Segundo o porta-voz da polícia do Tennesse, Josh DeVine, o artista teria faltado recentemente a compromisso em tribunal. À rede de televisão local WSMV, um amigo de Howard, Terry Dotson, disse ter tentado levá-lo à sessão: “Ele disse que não iria voltar para a prisão”.

Autobiografia conta história de Willie Nelson, ícone da música country.

Nesta quinta, 11, o agente Jackie Shell foi recebido com disparos de revólver na casa do cantor, que acabou morrendo no tiroteio. Shell também se feriu, mas não se sabe com qual gravidade.

Membro de uma escola de country que defendia a volta às raízes do gênero, Howard chegou a dividir o palco com astros como Willie Nelson, Waylon Jennings e Hank Williams Jr. Pelo Facebook, Hank Williams III prestou homenagem (foto no topo da página) ao colega.