Cartaz com 'AI-5' e bonecos Scarface são encontrados na casa onde Queiroz foi preso

O ex-assessor de Flávio Bolsonaro foi preso nesta quinta, 18, em Atibaia

Redação Publicado em 18/06/2020, às 16h34

None
Cartaz 'AI-5' e bonecos de Tony Montana (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Fabrício Queiroz foi preso pela Polícia Civil nesta quinta, 18, em uma casa em Atibaia, interior de São Paulo. No local, foi encontrado um cartaz escrito “AI-5”, Ato Institucional mais rigoroso da ditadura militar, além de bonecos de Tony Montana, mafioso do filme Scarface. As informações são do G1.

+++LEIA MAIS: Onde está o Fabrício Queiroz? Ex-assessor de Flávio Bolsonaro é preso em SP

O Ato Institucional 5 foi assinado em 13 de dezembro de 1968, e é uma das principais medidas de repressão da ditadura.  Ele ocasionou o fechamento do Congresso Nacional, além da retirada de direitos e garantias constitucionais dos cidadãos.

Segundo um dos policiais que participou das buscas, o cartaz era utilizado como “enfeite”. Ao lado dele, foram encontrados bonecos de Tony Montana, protagonista de Scarface. No filme, o personagem interpretado por Al Pacino é um refugiado cubano que foge do regime comunista de Fidel Castro

+++LEIA MAIS: Scarface vai ganhar reboot com diretor de Me Chame Pelo Seu Nome e roteiro dos Irmãos Coen

Na produção, Tony Montana recebe residência permanente nos Estados Unidos em troca do assassinato de um oficial do governo cubano. Ele se torna um mafioso, chefe do tráfico de drogas em Miami.

Fabrício Queiroz é ex-assessor de Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro. Queiroz passou a ser investigado em 2018 depois que um relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) indicou movimentação financeira atípica dele, que é amigo do presidente desde 1984.

+++ LEIA MAIS: Impeachment de Bolsonaro: ‘Não é a hora’, diz Rodrigo Maia


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE