Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Boa notícia

Catálogo de Neil Young irá voltar ao Spotify após dois anos

O músico retirou a obra da plataforma após comentários anti-vacina feitos por Joe Rogan, no podcast The Joe Rogan Experience

Neil Young (Foto: Emma McIntyre/Getty Images for SiriusXM)
Neil Young (Foto: Emma McIntyre/Getty Images for SiriusXM)

O lendário cantor canadense Neil Young anunciou que vai colocar seu catálogo de volta no Spotify pouco mais de dois anos depois de retirá-lo devido à desinformação sobre vacinas no The Joe Rogan Experience. A plataforma de streaming costumava ser a plataforma exclusiva de Rogan, mas recentemente eles fecharam um acordo de US$ 250 milhões com o podcaster que disponibilizará o programa em outras plataformas.

“Minha decisão ocorre no momento em que outros serviços de música, Apple, Amazon, Qobuz, Tidal, todos em alta resolução, começaram a veicular o mesmo podcast de desinformação ao qual me opus no Spotify”, escreveu Young aos fãs no Neil Young Archives. “Como não posso deixar todos esses serviços como fiz com o Spotify, porque minha música não teria nenhum canal de streaming para os amantes da música, eu voltei.”

+++LEIA MAIS: Neil Young usa celular flip até hoje, inclusive para gravar ideias musicais

O retorno, no entanto, não significa que Young esteja feliz com a plataforma. Na carta publicada no site oficial do artista, ele repetidamente por continuarem a usar arquivos de áudio de baixa resolução. “[Tenho] ​​esperanças sinceras de que a qualidade do som do Spotify melhore e que as pessoas possam ouvir e sentir toda a música enquanto a criamos”, escreveu ele. “Esperamos que o Spotify retorne ao à alta resolução como resposta e sirva todas as músicas para todos. Spotify, você consegue! Seja realmente o número 1 em todos os sentidos. Você tem a música e os ouvintes!!! Comece com um nível de alta resolução limitado e desenvolva a partir daí!”

Young retirou sua música do serviço de streaming em janeiro de 2022. “Estou fazendo isso porque o Spotify está espalhando informações falsas sobre vacinas”, escreveu ele, “potencialmente causando a morte daqueles que acreditam na desinformação espalhada por eles”. Em resposta, Rogan disse que era um fã de longa data de Neil Young e não tinha desejo de ofender ninguém, apesar de questionar repetidamente a segurança e a eficácia das vacinas Covid para o público.

+++LEIA MAIS: Neil Young voltará a fazer shows quando for 'sustentável' ao meio ambiente

“Não estou tentando promover a desinformação”, disse o podcaster na época. “Não estou tentando ser polêmico. Nunca tentei fazer nada com este podcast além de apenas conversar com as pessoas… Não sei se elas têm razão. Não sei porque não sou médico; Eu não sou um cientista. Sou apenas uma pessoa que se senta e conversa com as pessoas e conversa com elas.”

Até o momento, as músicas de Neil Young não voltaram à plataforma.

+++LEIA MAIS: Neil Young desmente parceria com Pfizer para defender vacinas: 'Esperto, mas errado'