Chance the Rapper doa US$ 1 milhão para escolas públicas de Chicago

“Como um cidadão, um pai e um produto das escolas públicas de Chicago, eu peço que você se juntem a mim e lutem pelas crianças desta cidade”, disse o rapper

Rolling Stone EUA Publicado em 07/03/2017, às 11h05 - Atualizado às 11h53

Chance the Rapper durante apresentação do Grammy 2017

Ver Galeria
(2 imagens)

Chance the Rapper anunciou na última segunda, 6, que vai doar US$ 1 milhão para as escolas públicas de Chicago, nos Estados Unidos, “para programas de artes”. O anúncio veio por meio de uma coletiva de imprensa na Westcott Elementary School, que fica no bairro em que o rapper cresceu, na qual ele presenteou os estudantes com um grande cheque.

O anúncio veio dias depois que o rapper de Coloring Book (2016) se encontrou com o governador do estado de Illinois, Bruce Rauner, para discutir o que ele acredita ser uma falta de investimento do estado nas escolas públicas de Chicago. “O governador me deu muitas respostas vagas na nossa reunião e, desde então,me ligou no fim de semana”, Chance disse a um grupo de repórteres e estudantes reunidos na segunda, 6.

Este sentimento o artista compartilhou poucos minutos após a conversa com Rauner na última sexta, 3, quando ele disse ao governador, por meio de repórteres, para ele “fazer o seu trabalho!”. “Nossas conversas não foram bem-sucedidas”, Chance continuou. “O governador Rauner ainda não se compromete a dar uma chance às crianças de Chicago sem ressalvas ou ultimatos.”

LEIA TAMBÉM

Chance the Rapper: “Trump fala como se fosse declarar Guerra a Chicago”

Melhores Discos Internacionais de 2016

Chance the Rapper cria playlist para “hora do banho”

Os esforços do rapper se originaram por conta do veto de Rauner a um projeto de lei que concederia US$ 215 milhões em financiamento para as escolas públicas de Chicago, “um importante compromisso em nome das escolas e estudantes pelo estado”, Chance ressaltou. Como resultado, as escolas podem ter que despedir milhares de trabalhadores ou, como Chance explicou apaixonadamente, diminuir o ano letivo em 13 dias.

“Isso significa que mais de 380 mil crianças não vão ter atividades supervisionadas por adultos em junho e podem chegar a correr perigo”, ele explicou.

O rapper disse que a doação dele de US$ 1 milhão foi possibilitada pela venda de ingressos da próxima turnê e por um esforço conjunto entre os patrocinadores do evento e casas de show e promoters ao redor do país. Ele não especificou como o dinheiro seria levantado, mas notou que as empresas parceiras “foram capazes de se juntar para usar fundos da venda dos ingressos para doar às escolas públicas de Chicago”.

Além do US$ 1 milhão, a Social Works, uma organização sem fins lucrativos que Chance criou no ano passado, vai somar cada US$ 100 mil arrecadados às escolas com US$ 10 mil adicionais para serem destinados a colégios específicos de Chicago (a organização de caridade criou um site para receber doações para as escolas). À luz da doação de US$ 1 milhão, Chance vai doar dez adicionais de US$ 10 mil para escolas selecionadas, incluindo a Westcott Elementary.

Chance pediu para que outros se juntem à luta para “cuidar das crianças [de Chicago]. Com uma caneta, o governador tem o poder de mudar isso”, ele disse. “Isto não é sobre política. Isto não é sobre fingir. Todos e a mãe de todos sabem sobre o que está acontecendo em Chicago”, ele disse em referência aos recordes de assassinatos na cidade. “É um assunto constante. Mas nós vamos realçar a conversa. Como um cidadão privado, um pai e um produto das escolas públicas de Chicago, eu estou pedindo que vocês se juntem a mim e lutem pelas crianças de Chicago. Isto é apenas o começo.”