Coachella 2019: Confira 5 artistas para ficar de olho

Veja alguns artistas 'lado B' que se apresentam no segundo final de semana da 20º edição do festival

Redação Publicado em 19/04/2019, às 17h00

None
Coachella (Foto: Amy Harris/Invision/AP)

O Coachella chega a sua 20º edição e apresenta um line up completo de grandes artistas entre eles Ariana Grande, Tame ImpalaChildish GambinoWeezer, Kanye West, Billie Eilish e The 1975. 

+++ Guia Coachella 2019, agora com Kanye West: veja as atrações do festival e como assistir

O evento que começou na última sexta, 12, na Califórnia, dá sequência a sua programação neste final de semana, 19, 20 e 21. 

Pela primeira vez na história do festival, o Youtube transmitirá também o segundo final de semana. Para quem não pode comparecer, na plataforma de streaming, ao acessar o canal oficial do Coachella é possível montar a sua própria programação para que os shows apareçam automaticamente na tela no horário agendado na opção "Schedule" (agenda, em português).

+++ Solta o riff! Rolling Stone Brasil vai premiar o melhor riff com prêmios exclusivos no Instagram 

Além dos grandes nomes que preenchem os olhos nas primeiras linhas do anúncio da programação do festival, a curadoria do Coachella 2019 trouxe alguns artistas em ascensão. E a Rolling Stone Brasil separou 5 deles para você ficar de olho. 

Khruangbin

 

Com uma base no soul e R&B music, o trio texano é formado por Laura Lee (baixo), Mark Speer (guitarra) e Donald "DJ" (bateria), é conhecido por misturar o funk tailandês e a psicodelia em suas canções. Khruangbin, de origem tailandesa, significa "engenho voador", e musicalmente falando, o grupo incorpora influências globais e culturais em suas criações.

O disco de estreia The Universe Smiles Upon You (2015) reflete sob a história da música tailandesa nos anos 60 e o segundo lançamento Con Todo El Mundo (2018), teve origem a partir de uma íntima história da integrante da banda, Laura Lee. "Cómo me quieres?", que inicia o disco, surgiu devido ao questionamento do seu avô mexicano. Desde pequena, a cantora respondia diversas coisas até chegar na resposta exata do avô: “Con todo el mundo”.

Com ritmos sensuais e elegantes, criados pela junção das guitarras, teclados e a voz, que aparece minuciosamente nas canções, Khruangbin se apresenta no Coachella nesta sexta, 19, às 01h30 da manhã (horário de Brasília).

Yellow Days

 

No Brasil, pouco se sabe sobre George van den Broek, musicalmente conhecido como Yellow Days. Em 2016, o cantor britânico lançou o seu primeiro single  "Your Hand Holding Mine". Seu som é um produto de influências do R&B e do rock alternativo, e como o próprio artista cita, uma de suas personalidades de inspiração é o pianista Ray Charles.

Em 2018, o britânico chegou aos ouvidos de Donald Glover e fez com que "Gap in The Clouds" fosse trilha sonora do trailer da segunda temporada de "Atlanta". Sua canção mais famosa é "A Little While", do EP Harmless Melodies, que inicia com uma citação do escritor Charles Bukowski: “Love is kind of like when you see a fog in the morning, when you wake up before the sun comes out. It’s just a little while, and then it burns away."

O cantor se apresenta na sexta, 19, às 19h05 (no horário de Brasília), no Coachella.

Rosalía 

 

Aos 25 anos, Rosalía tem dado uma nova roupagem a música espanhola desde o seu disco de estreia em 2017, Los Ángeles. A cantora mescla elementos da música tradicional flamenca com a cultura do trap e flerta com sintetizadores e batidas eletrônicas, tudo em uma embalagem mais pop pensada para as novas gerações.

Em 2018, a catalã experimentou sua fusão entre a tradição e a modernidade ao lançar o single "Malamente" que rendeu duas indicações ao Grammy Latino como Melhor Fusão Urbana e Melhor Canção Alternativa.

A cantora e compositora se apresenta nesta sexta, 19, às 23h50 (horário de Brasília). 

Soccer Mommy 

 

Suíça, mas criada em Nashville, nos Estados Unidos, Sophie Allison chegou como uma revelação do indie rock com a sua persona musical chamada Soccer Mommy. Clean (2018) é o terceiro disco de sua carreira, que começou a dar passos quando a cantora tinha apenas seis anos e tocou, pela primeira vez, em uma guitarra.

O disco foi produzido em parceria com Gabe Wax (sintetizadores, pianos, guitarra), Julian Powell (guitarra) Nick Brown (bateria) e é a perfeita continuação do seu trabalho, feito dentro de uma atmosfera caseira e que traz a essência de uma garota que vivenciou a adolescência no início dos anos 2000.

A cantora americana se apresenta neste domingo, 21, às 21h30 (horário de Brasília). 

Men I Trust 

 

Com batidas eletrônicas suaves, riffs de guitarra e vozes delicadas Men I Trust é formado pelo baixista Jessy Cason, o multi-instrumentista Dragos Chiriac e a vocalista e guitarrista Emma Prouxl. A banda grava, mixa e masteriza suas próprias composições e videoclipes. Com seu dream pop, o grupo lançou o seu primeiro intitulado disco em 2014.

O trio se apresenta pela primeira vez no Coachella no domingo, 21, às 20h40 (horário de Brasília). 

+++ Entrevista RS: Di Ferrero fala sobre música pop, vida pós-NX Zero e projeto engavetado com Emicida: