Coincidência? Asteroide cairá na Terra um dia antes de eleição presidencial dos EUA - mas não deve causar danos

Pelo tamanho, corpo deve se desintegrar ao entrar na atmosfera do planeta

Redação Publicado em 24/08/2020, às 14h16

None
Logo Nasa (Foto: Divulgalção)

Um asteroide, chamado 2018VP1, pode entrar na Terra no dia 2 de novembro de 2020 - um dia antes da eleição presidencial dos EUA, informa a NASA (via Bussiness Insider). O objeto, porém, não deve causar danos ao planeta.

De acordo com a NASA, o objeto é “muito pequeno, cerca de 2 metros, e não demonstra ameça à Terra. Se ele entrar na atmosfera, vai se desintegrar devido ao tamanho.”

+++ LEIA MAIS: NASA irá revisar nomes de planetas, estrelas e galáxias que podem ser preconceituosos

Mesmo sem riscos, a internet criou várias piadas com a situação - e alguns preferem o fim do mundo à eleição de Biden ou reeleição de Trump, os dois nomes na corrida presidencial dos EUA. Uma enquete falsa mostra que 98% dos cidadãos prefere o asteroide no “poder”.

“O asteroide vê um crescimento astronômico na campanha. Trump e Biden enfrentam dificuldades com os planos para conter o coronavírus e reiniciar a economia, mas o asteroide diz que pode acabar com o racismo, problemas econômicos, e todos os nossos problemas… Para sempre,” escreveu o site de humor Babylon Bee.

+++ LEIA MAIS: Dark, da Netflix, previu pandemia de coronavírus? Esta cena indica que sim

Na “vida real”, 2018VP1 orbita a Terra há meio século. A primeira visão próxima dele foi em 1970, e em novembro de 2018 quase entrou na atmosfera. Por ser pequeno, o asteróide só pode ser detectado quando está bem perto da Terra.

+++ DELACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'